09:13 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    030
    Nos siga no

    Na noite de 20 para 21 de janeiro de 2019 vai ocorrer um eclipse total, deixando a Lua em tom avermelhado. O fenômeno também é conhecido como "Superlua de sangue de lobo" e pode ser observado a partir do território de vários continentes.

    Um eclipse ocorre quando a Lua passa através da sombra da Terra e o Sol, a Lua e a Terra se alinham perfeitamente. A "Superlua de sangue de lobo" é um eclipse lunar que durará 62 minutos no total. Durante o eclipse, a Lua cheia parecerá ter um brilho vermelho em resultado da luz solar ser espalhada e refratada ao redor da Terra, como indica o portal Space.com.

    No Brasil, às 03h12 da madrugada de 21 de janeiro de 2019 (horário de Brasília) o satélite, na sua fase de Lua cheia, estará completamente envolto em um manto avermelhado ou laranja, mas o fenômeno todo poderá ser observado das 0h36 às 5h48 da segunda-feira (21).

    Além disso, em Cuba, Peru e Colômbia a Superlua ocorrerá entre as 21h30 de domingo (20) e as 2h48 de segunda-feira (21), e o ponto mais alto será pouco depois da meia-noite, às 0h12.

    Na Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, o apogeu do fenômeno será às 2h12 de segunda-feira (21). No México, a Superlua de Sangue será visível entre as 9h33 e 0h50, e o apogeu está previsto para as 22h13, quando o fenômeno ficará mais evidente.

    Mais:

    Brilhante objeto misterioso aparece na transmissão da Superlua (VÍDEO)
    Superlua Azul de Sangue: terráqueos ficam admirados com fenômenos simultâneos (FOTOS)
    Primeira vez em 150 anos: Superlua, Lua Azul e Lua de Sangue em uma mesma noite
    Tags:
    América Latina, Superlua, noite, madrugada
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar