00:08 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Marte

    Missão ExoMars tem 'chance muito boa' de encontrar vida no Planeta Vermelho, diz cientista

    CC0 / Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    170
    Nos siga no

    Os cientistas da missão ExoMars apontaram que neste momento não está claro se a vida realmente existe em Marte e, se realmente existir, resta ver até que ponto essa vida pode ser semelhante àquela que existe na Terra.

    Enquanto a espaçonave InSight da NASA pousou com sucesso em Marte e começou a estudar sua superfície, o Dr. Lewis Dartnell, astrobiólogo e pesquisador da Universidade de Westminster, disse que outra missão próxima para o Planeta Vermelho tem uma "chance muito boa" de encontrar lá sinais de vida.

    De acordo com o The Sun, Dartnell é um dos cientistas que ajudou a projetar o veículo ExoMars, que deverá ser lançado para Marte em 2021 pela agência espacial russa Roscosmos e pela Agência Espacial Europeia (ESA).

    Como explicou Dartnell, depois de pousar o veículo perfurará dois metros na superfície marciana de modo a alcançar a profundidade que "esteve protegida das duras condições em Marte" e extrair amostras de solo que, esperemos, possam conter "bactérias que podem quebrar moléculas".

    "Nós estamos procurando blocos de construção da vida e esperamos ver se em Marte já houve vida antes. Nós queremos ver até que ponto ele tem sido quente e úmido. Seria mais uma grande evidência que Marte era um mundo mais quente e úmido e que já foi como a Terra", disse o cientista.

    Ele também apontou que neste ponto ainda não está claro se a vida realmente existe em Marte e, se existir, "o quão semelhante é à da Terra".

    "É realmente alienígena? É fundamentalmente diferente? Ou funciona de uma maneira completamente diferente? O tipo de vida que esperamos encontrar são unicelulares ou bactérias resistentes", acrescentou o pesquisador.

    Segundo ele, esse primeiro tipo de vida é um tipo de vida microbiana. O que mais os entusiasma é encontrar algo que tenha sobrevivido em Marte e trazê-lo de volta à Terra para estudar e ver como funciona.

    No início deste ano, uma equipe de pesquisadores italianos descobriu em Marte um lago salgado que, devido a conter água líquida localizada abaixo do gelo, que a "protegeu das variações de temperatura sazonais", poderia teoricamente servir como habitat para formas de vida locais.

    Mais:

    'Presente de Natal incrível': sonda da NASA cumpre 'tarefa importante' em Marte (VÍDEO)
    Astrônomos captam FOTO impressionante de 'lago de neve' em Marte
    Pesquisadores chineses apresentam projeto para criar solo fértil em Marte
    Tags:
    vida, cientistas, ExoMars, Roscosmos, NASA, Rússia, EUA, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar