00:42 12 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Heródio, um sítio arqueológico localizado a 12 km a sul de Jerusalém, no deserto da Judeia

    Anel desenterrado em Israel pertenceria ao executor de Jesus, Pilatos

    CC0
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    11158

    Ao decifrar as inscrições no anel de bronze, encontrado durante as escavações na década de 60 no deserto da Judeia, em Israel, os cientistas israelenses descobriram o nome do governador da província romana da Judeia, Pôncio Pilatos, que ordenou a crucificação de Jesus, segundo evangelhos.

    De acordo com o jornal israelense Haaretz, os cientistas conseguiram ler as inscrições usando sistemas de limpeza e com a ajuda de uma técnica especial de fotos do artefato arqueológico.

    A inscrição do anel representa a imagem de uma taça de vinho com a palavra em grego traduzida como "Pilatos", que foi imediatamente ligada ao governador romano. Os pesquisadores indicaram que o nome de Pilatos era muito raro para aquela época.

    "Não conheço nenhum outro Pilatos do período e o anel mostra que ele era uma pessoa de influência e riqueza", contou o professor Danny Schwartz.

    Supõe-se que o anel tenha sido usado na qualidade de carimbo. O artefato poderia pertencer tanto ao governador romano, como aos funcionários de sua administração.

    O anel foi uma de milhares de peças encontradas na fortaleza de Heródio durante a escavação arqueológica liderada pelo professor Gideon Forster, da UniversidadeHebraica de Jerusalém. O local da descoberta é uma colina localizada a 12 km ao sul de Jerusalém, no deserto da Judeia. Em seu topo havia um palácio fortificado onde foi posteriormente enterrado o governador romano que julgou Jesus.

    Mais:

    Terra daqui a 200 milhões de anos: cientistas mostram 'supercontinente' do futuro (FOTO)
    Encontrado 'monstro do esgoto' pulsando em estrada texana (VÍDEO)
    Arqueólogos bolivianos encontram tumbas coletivas de mais de 500 anos (FOTOS)
    Mulheres reescrevem Bíblia: editada provocadora versão feminista do livro sagrado
    Tags:
    inscrição, Jesus, governador, anel, arqueólogos, escavação, Jerusalém, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik