07:10 19 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Tuberculoso segurando medicamentos no hospital Lal Bahadur Shastri, na cidade indiana de Varanasi, 13 de março de 2018

    'Sério desafio para humanidade': é indicada doença infecciosa mais perigosa do mundo

    © AP Photo / Rajesh Kumar Singh
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    260

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) qualificou a tuberculose como sendo a doença infecciosa mais perigosa do mundo, ressaltando em relatório que medidas urgentes devem ser aplicadas para contê-la.

    Apesar dos esforços globais para prevenir a proliferação da doença, apenas em 2017 10 milhões de pessoas foram infectadas com tuberculose, causando a morte de 1,6 milhão, segundo a organização.

    Ao mesmo tempo, a OMS lembrou que, graças às medidas conjuntas da comunidade internacional, desde 2000 foi possível impedir a morte de 54 milhões de pessoas infectadas, enquanto o número de novos casos de contaminação diminui 2% por ano.

    Porém, constata, essa doença continua sendo a mais perigosa, superando até a síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS).

    De acordo com avaliações da OMS, países com baixa e média renda não contam neste ano com apenas 3,5 bilhões de dólares para prevenção e tratamento da tuberculose, acrescentando que o montante pode dobrar até 2022 caso medidas necessárias não sejam postas em prática.

    Outro problema é que mais e mais pessoas estão se mostrando resistentes aos medicamentos utilizados no tratamento, em particular ao antibiótico bactericida rifampicina.

    Especialistas da organização também avisaram que um em cada quatro habitantes da Terra é potencial portador da infecção.

    Cientista russo e diretor do Instituto Nacional de Pesquisa especializado na saúde e medicina, David Melik-Guseinov, compartilha as preocupações da OMS.

    Segundo o pesquisador, a tuberculose é uma doença que frequentemente não pode ser curada com medicamentos, pois as bactérias que a provocam se adaptam aos antibióticos.

    "O fato de um em cada quatro habitantes do planeta poder ser infectado com esta doença a torna ainda mais perigosa do que a AIDS e do que o câncer, em se tratando de propagação massiva. É um sério desafio para a humanidade no século XXI", comentou ao serviço russo da Rádio Sputnik

    A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada por várias microbactérias, podendo atingir quase todos os tecidos do corpo, especialmente os pulmões.

    Mais:

    NASA determina o que está movimentando 'silenciosamente' o eixo da Terra
    Melhor do que Viagra: este alimento infalível potencializará seu desempenho na cama
    Tags:
    tuberculose, perigo, doença, AIDS, câncer, Organização Mundial da Saúde (OMS)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik