14:09 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Stigmella multispicata

    Mariposas russas invadem EUA e ecólogos estão preocupadíssimos

    © Foto: Public Domain / Stigmella multispicata
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    393

    Mariposas siberianas Stigmella multispicata estão se expandindo rapidamente pelo norte dos EUA, segundo ecólogos americanos.

    No entanto, ainda é cedo para afirmar que as mariposas são uma ameaça para a flora americana, porém, é uma espécie invasora, sendo preciso monitorar sua expansão, visto que, com o tempo poderiam afetar diversas espécies de árvores, não apenas os ulmeiros, segundo o pesquisador Erik Van Nieukerken.

    Geralmente, essas espécies de seres vivos chegam aos territórios e novos continentes com a ajuda humana, sendo essas invasões um dos maiores problemas para a ecologia. Como exemplo disso, podemos citar o surgimento das formigas de fogo brasileiras nos EUA, que causaram uma catástrofe na ecologia, pois exterminaram diversas espécies de caracóis, além de reduzir consideravelmente as populações de outros insetos, incluindo mamíferos.

    Assim como as formigas, os fungos africanos também exterminaram dezenas de espécies de rãs e anfíbios ao se estabelecerem na Europa, América do Norte e Ásia.

    Nieukerken descobriu a presença da mariposa siberiana enquanto estudava a população de insetos que habitavam as proximidades de Nova York, sendo o caso das cidades de Ohio e Indiana, além da região sul do Canadá.

    A mariposa siberiana foi descoberta em 2014 por um grupo de biólogos lituânios que estudavam a flora e fauna da região russa de Primórdio. Tanto na Rússia como nos EUA esses insetos se alimentam das folhas dos pequenos ulmeiros siberianos. Vale destacar que os ulmeiros americanos foram levados da Rússia em 1860, causando a expulsão das espécies locais de árvores.

    Com a presença da mariposa siberiana em diversas regiões dos EUA, os pesquisadores presumem que provavelmente essas mariposas chegaram aos EUA juntamente com plantas vivas compradas na Rússia. Além disso, os pesquisadores observam que a presença das mariposas ainda não causou problemas, mas caso a presença delas cresça, poderá ser uma ameaça, pois precisará de uma nova dieta, causando mudanças mais sérias e perigosas ao ecossistema.

    Mais:

    Cientistas coletam fezes de animais para salvá-los do risco de extinção
    Cientistas revelam segredo de um misterioso tubarão enorme (FOTOS)
    Mergulhador 'hipnotiza' tubarão e o coloca de cabeça para baixo
    Tags:
    ameaça, flora, pesquisadores, cientistas, estudo, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik