20:30 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    a bactéria E. coli (imagem referencial)

    Uso indiscriminado de antibiótico? Bactérias super-resistentes se espalham por hospitais

    © flickr.com/ VeeDunn
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30

    Amostras de 78 instituições médicas em 10 países foram analisadas por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Melbourne, na Austrália, que descobriu três variedades da bactéria super-resistente Staphylococcus epidermidis.

    Tais bactérias surgiram nas últimas décadas e se espalharam globalmente, revelou a revista Nature Microbiology na segunda-feira (3).

    "Muitas vezes apenas coloniza a pele", disse o pesquisador Ben Howden, citado pela ABC News Austrália. "Isso não necessariamente causa a infecção. Mas, em um número menor de pessoas, pode causar uma infecção grave e invasiva, exigindo tratamento complexo."

    A bactéria S. epidermidis, encontrada comumente na pele humana, não representa ameaça para a maioria da população. Porém, as pessoas que estão com o sistema imunológico comprometido ou que estão se recuperando de uma cirurgia são mais suscetíveis à infecção potencialmente grave, afirma o estudo.

    "Realmente há essa bactéria que está se espalhando em hospitais em todo o mundo, [e que se manteve] um tanto quanto desconhecida por muitos anos", disse Howden, adicionando que "isso é apenas mais um exemplo do uso de antibióticos que levam as bactérias a se tornarem mais e mais resistentes".

    O cientista também ressaltou que a bactéria pode ser mortal e muito difícil de erradicar, podendo causar infecções realmente graves, principalmente em "pacientes que já estão muito doentes no hospital".

    "Isso destaca que o uso de mais e mais antibióticos está impulsionando mais bactérias resistentes aos medicamentos", alertou. "Com todas as bactérias em um ambiente hospitalar, estamos selecionando variedades mais resistentes e não há dúvida de que a resistência a antibióticos é um dos maiores perigos para o atendimento hospitalar em todo o mundo".

    A prescrição inadequada de antibióticos em unidades de terapia intensiva pode "ter conduzido a evolução desse organismo, antes banalizado como contaminante, a infecções potencialmente incuráveis", concluiu o estudo.

    Mais:

    Cientistas consideram possível haver bactérias alienígenas que se alimentem de radiação
    Cientistas desmentem mistério de bactérias 'extraterrestres' encontradas na EEI
    Vida extraterrestre? Bactérias estranhas foram encontradas na EEI
    Tags:
    sistema imunológico, infecções graves, cientistas, mortal, propagação, hospitais, resistência, bactérias, Mundo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik