07:29 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Extraterrestre com nave alianígena no plano de fundo

    Colisões estrelares podem ser um meio para entrar em contato com alienígenas

    CC0 / Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 20

    A fusão de duas estrelas de nêutrons poderia servir como um mecanismo para detectar a vida alienígena, segundo informou o The Daily Star.

    A recente colisão estelar surpreendeu cientistas que observaram o fenômeno pela primeira vez. O episódio produziu uma luz giratória possível de ser vista a partir de sistemas solares distantes.

    Eles acreditam que os extraterrestres poderiam aproveitar os sinais propagados através da colisão para estabelecer contato.

    No entanto, o sinal precisa ser extremamente poderoso para viajar mais rápido e encurtar a distância até ser percebido pelos astrônomos que, mesmo assim, teriam de usar um telescópio que consumiria 1 terawatt de energia para captar ao menos um vestígio.

    Para entender a dificuldade da tarefa, o consumo de toda a energia no planeta foi de 17,4 terawatts em 2015.

    O físico Yuki Nishino, da Universidade de Quioto, no Japão, disse que a recente colisão impulsionou os esforços para descobrir vida alienígena.

    "Ficamos realmente impressionados com o rápido crescimento da astronomia multimensageira e começamos a pensar em possibilidades interessantes muito além dos estudos astronômicos tradicionais", acrescentou.

    Mais:

    Governo alemão diz não ter plano de emergência para pousos alienígenas
    Arquivos secretos: Londres receava que URSS e China obtivessem tecnologias alienígenas
    Cientistas encontram organismos 'alienígenas' no Chile
    Tags:
    colisão, estrelas, extraterrestre, alienígenas, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik