07:54 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA, Donald Trump, refere-se a mudanças de temperatura ao anunciar sua decisão de que os Estados Unidos se retirarão do marco do Acordo Climático de Paris.

    Cientistas acusam Donald Trump de colocar em risco a segurança nacional do Reino Unido

    © REUTERS / Joshua Roberts
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    370

    Mais de 100 cientistas britânicos e pesquisadores de mudanças climáticas escreveram uma carta aberta à primeira-ministra britânica Theresa May, acusando Donald Trump e a inação do presidente quanto a mudança climática de colocar a segurança nacional da Grã-Bretanha em risco, informou o The Independent.

    Através da carta aberta, os cientistas pediram a primeira-ministra May traga à tona a questão com Trump durante sua visita de três dias — sua primeira visita oficial ao Reino Unido como chefe de Estado.

    "Como os EUA são a segunda maior fonte de emissões de gases de efeito estufa do mundo, a política de inércia do presidente Trump sobre a mudança climática está colocando em risco a segurança nacional do Reino Unido e seus interesses no exterior", diz a carta.

    A carta aberta faz coro às críticas públicas do presidente francês Emmanuel Macron a Trump sobre sua política de mudança climática, e disse que "o Reino Unido deveria aproveitar sua relação especial com os Estados Unidos para mostrar liderança similar".

    Trump retirou os EUA do acordo climático de Paris em 2017, insistindo que o acordo  era "muito injusto para os EUA".

    Os pesquisadores alertaram que o Reino Unido está sofrendo as consequências da mudança climática, com o aumento das temperaturas médias atingindo partes do país.

    "O Reino Unido já está sendo diretamente afetado pelos impactos da mudança climática: a partir de 2000, passou pelos nove anos mais quentes e seis dos sete anos mais chuvosos desde que os registros começaram em 1910", diz a carta

    Como resultado direto da retirada dos EUA do acordo climático histórico, as emissões de carbono devem aumentar em toda a América nos próximos anos, alarmando muitos dos aliados europeus dos EUA.

    Trump chegará ao Reino Unido no final desta semana, e deve se reunir com May para discutir gastos com a defesa da Grã-Bretanha e aumento de contribuição dos países membros à OTAN.

    Tags:
    Acordo de Paris, The Independent, OTAN, Theresa May, Donald Trump, Emmanuel Macron, Estados Unidos, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik