07:55 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    180
    Nos siga no

    O fenômeno espacial ocorreu em duas galáxias em colisão, chamadas de Arp 299, que estão localizadas à distância de aproximadamente 150 milhões de anos-luz da Terra.

    Pela primeira vez foi capturado o momento em que um buraco negro "engole" e destrói uma estrela, que explode e emite jatos de luz em seu torno.

    Estas são as primeiras imagens na história que mostram uma estrela sendo despedaçada por um buraco negro

    O espetáculo incrível ocorreu em duas de galáxias em colisão, chamadas de Arp 299, que estão localizadas à distância de aproximadamente 150 milhões de anos-luz da Terra. Cada uma delas tem um buraco negro supermassivo no seu núcleo.

    Graças aos telescópios de rádio e infravermelho, os astrônomos testemunharam como uma estrela, com massa duas vezes maior que a do Sol, se aproxima de um desses buracos negros, informa o portal Science Alert.

    A pobre estrela não tinha nenhuma chance e a força gravitacional do buraco negro a despedaçou. Este processo, conhecido como "evento de interrupção de maré", é muitíssimo raro e nunca antes tinha acontecido desta maneira.

    Na maioria das vezes, os buracos negros permanecem imóveis no espaço. Algo tem que entrar em seu campo gravitacional para se tornarem ativos, como aconteceu agora com a estrela.

    ​A estrela se separou formando um disco ao redor do equador do buraco negro. No final, caiu no buraco negro e as intensas forças gravitacionais e de atrito aqueceram-na e fizeram-na brilhar. As observações deste evento, identificadas como Arp 299-B AT1, começaram em 2005.

    Mais:

    NASA mostra verdadeira 'Estrela da Morte' (FOTO)
    'Estrela da Morte' é detectada no céu do Reino Unido (FOTO)
    Primeiras imagens do limiar do buraco negro na Via Láctea revelam algo inesperado
    NASA descobre buraco coronal no Sol 'olhando' para a Terra (VÍDEO)
    'Estrela dos ETs' volta a agir de forma estranha
    Tags:
    ondas gravitacionais, galáxia, estrelas, buraco negro, universo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar