03:53 19 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Apollo 12 astronaut Alan Bean

    NASA: morre quarto astronauta dos EUA a caminhar na Lua

    © AP Photo / Jacquelyn Martin
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    530

    Alan Bean, o quarto astronauta a caminhar na Lua, morreu aos 86 anos, informou a NASA em um comunicado.

    "Bean, 86 anos, morreu neste sábado, 26 de maio, no Houston Methodist Hospital em Houston, Texas. Sua morte aconteceu depois dele ficar doente durante uma viagem para Fort Wayne, Indiana, duas semanas antes", informou o comunicado da agência espacial norte-americana.

    O capitão da Marinha dos Estados Unidos, Alan Bean, tornou-se astronauta em 1963. Seis anos depois, tornou-se piloto do módulo lunar na segunda missão dos EUA à Lua: Apollo 12. Bean e seu colega Peter Conrad exploraram a superfície da Lua e realizaram experimentos, enquanto Richard Gordon orbitou o satélite da Terra no módulo de comando, procurando por posições de pouso para futuras missões lunares.

    "Eu lembro de uma vez olhar para a Terra e começar a pensar: 'Puxa, isso é lindo.' Então eu disse para mim mesmo: 'Pare de besteiras e vai recolher as pedras'. Achávamos que a reflexão não era produtiva", disse Alan Bean para a revista People em 1981.

    A missão Apollo 12 começou com um susto. Pouco depois da decolagem, o foguete foi atingido por um raio, mas a tripulação conseguiu continuar o vôo programado para a Lua. Bean e Conrad passaram mais de 31 horas na superfície da lua, incluindo mais de sete horas trabalhando fora do módulo lunar.

    Em 1973, Bean comandou a missão Skylab 3, a segunda missão tripulada à primeira estação espacial dos EUA.

    Bean nasceu em 15 de março de 1932, em Wheeler, no Texas. Desejando se tornar um piloto, ele começou a treinar em vôos aos 17 anos. Ele se formou em engenharia aeronáutica na Universidade do Texas, em seguida, e foi contratado como oficial da Marinha dos EUA.

    Ele treinou como piloto de testes da Marinha sob orientação de Peter Conrad, que anos depois, durante seu tempo de astronauta, desempenhou um papel crucial na designação de Bean para a missão Apollo.

    Alan Bean passou 69 dias, 15 horas e 45 minutos no espaço antes de sua aposentadoria em 1981. Depois de deixar a NASA, o ex-astronauta se dedicou à pintura.

    Mais:

    Rússia e EUA vão realizar teste conjunto de voo para Lua em 2019
    Rússia planeja lançar missão à Lua em 2 anos
    Abrigo para humanidade? Eis característica em comum entre lua de Saturno e Terra
    Relatório sobre missão soviética à Lua é desvendado
    FOTO suspeita põe em questão veracidade da última missão à Lua
    Índia se prepara para enviar nova missão à Lua após 10 anos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik