00:01 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Brecha na parte oriental de Fire Island que separa o oceano Atlântico da baía Great South, EUA (imagem referencial)

    Cientistas revelam 'bomba-relógio tectônica' no oeste dos EUA (FOTO)

    © AP Photo/ Elizabeth Rogers
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    5171

    Há muitas hipóteses de a fratura tectônica Hayward, no litoral ocidental dos EUA, se tornar o epicentro de um terremoto nas próximas décadas, comunica o diário Los Angeles Times com referência ao Serviço Geológico do país (USGS).

    Conforme os cientistas, a fratura de 83 quilômetros passa pela região da baía de São Francisco, onde moram mais de dois milhões de pessoas. Em caso de um terremoto de magnitude 7,0, nas previsões dos especialistas, vão morrer centenas de pessoas. Além disso, na sequência do dano causado aos gasodutos, acontecerão incêndios que podem destruir 150 mil casas, privando de abrigo quase meio milhão de habitantes.

    O cenário do terremoto HayWired, avançado pelo USGS, prevê impactos de um terremoto de magnitude 7,0 na Fratura de Hayward.

    Um colaborador do USGS, David Schwartz, nota que os terremotos acontecem em Hayward em média a cada 150-160 anos, tendo os últimos abalos de magnitude 6,0 sido registrados na fratura em 1868.

    "Chamamos essa fratura de bomba-relógio tectônica. Vai explodir em breve", declarou o cientista.

    Mais:

    Terra em ruínas: número de terremotos catastróficos só aumentará
    Catástrofe para o mundo se supervulcão de Yellowstone entrasse em erupção hoje
    Geólogos descobrem fratura misteriosa de 3 quilômetros no sul dos EUA
    Tags:
    feridos, morte, explosão, terremoto, terra, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik