20:20 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Lua

    Rússia e EUA vão realizar teste conjunto de voo para Lua em 2019

    © Sputnik / Alexander Vilf
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    10106

    A Rússia e os Estados Unidos realizarão um experimento conjunto de quatro meses imitando um voo para a estação orbital lunar Deep Space Gateway (Portal do Espaço Profundo, em tradução livre) em 2019, em Moscou, disse o serviço de imprensa do Instituto de Problemas Biomédicos da Academia Russa de Ciências (IBMP) à Sputnik nesta sexta-feira.

    Em 2016, o IBMP e a agência espacial norte-americana NASA assinaram um acordo de cooperação na realização de uma série de experiências denominadas SIRIUS. Dentro de suas instalações, uma série de experimentos dedicados ao voo para a Lua serão conduzidos até 2025.

    Em setembro de 2017, a NASA e a corporação espacial estatal russa Roscosmos assinaram um acordo sobre a possibilidade de criação de uma estação orbital lunar chamada Deep Space Gateway na década de 2020.

    "O cenário implica a imitação de um voo por uma equipe de seis membros para a Lua, encaixando em uma estação espacial semelhante à Deep Space Gateway. Em seguida, dentro de dois meses, a equipe estará realizando pesquisas e decidirá onde descer, após o qual quatro membros da tripulação vão pousar na Lua", disse o serviço de imprensa.

    O experimento ocorrerá nas instalações do IBMP, um complexo para experimentos isolados do mundo exterior que foi construído na capital russa. A pesquisa em si será lançada em 2019.

    Além do voo e do trabalho na estação, o experimento implica a recriação da experiência de caminhar na superfície da Lua. Esta etapa levará até 10 dias. Depois disso, quatro tripulantes terão de sair da Lua e encaminhar para a estação e retornar para a Terra com seus colegas.

    De acordo com o IBMP, a equipe será internacional e terá pelo menos duas mulheres. O experimento visa testar o equipamento necessário para garantir o bem-estar dos astronautas longe da Terra, verificando o sistema de assistência médica e outras questões essenciais.

    Antes do experimento de quatro meses, haverá duas semanas de pesquisa preliminar no final de 2018. Então, no segundo semestre de 2019, espera-se que comece um experimento de oito meses, que será seguido por um projeto de um ano devido ao chute no início de 2021. Além disso, a Rússia e os Estados Unidos anunciaram sua intenção de manter a cooperação após o fim das missões já planejadas no período de 2023 a 2025, concluiu o serviço de imprensa.

    Mais:

    Farol russo aparecerá na Lua?
    FOTO suspeita põe em questão veracidade da última missão à Lua
    Experimento espacial na Terra: viagem para a Lua com isolamento quase total (FOTO)
    Tags:
    tecnologia, missão lunar, Deep Space Gateway, NASA, Roscosmos, Espaço, Lua, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik