01:10 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Um manuscrito (imagen referencial)

    Recuperado manuscrito antigo escondido em texto religioso (FOTO, VÍDEO)

    © Sputnik / Eugueni Odinokov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1110

    Cientistas norte-americanos conseguiram recuperar a tradução de um antigo texto do século VI do médico grego Galeno de Pérgamo. O pergaminho tinha sido apagado e em seu lugar foi escrito um texto religioso, mas, graças a um sistema de raios X, especialistas descobriram as palavras do cirurgião, informa o portal KQED.

    A descoberta foi levada a cabo com a ajuda do Stanford Synchrotron Radiation Lightsource, uma fonte de radiação eletromagnética que funciona como um acelerador de partículas. Através do método de fluorescência de raios X, um raio de alta energia mostrou com êxito a tinta inicial que havia sido apagada do pergaminho.

    Acredita-se que o livro, escrito sobre a pele de animal, pertence ao Mosteiro de Santa Catarina, na península egípcia do Sinai.

    O texto do médico romano de origem grega foi traduzido ao antigo idioma siríaco centenas de anos depois da morte de Galeno, segundo o portal. As traduções siríacas de seu texto tinham ficado escondidas por atrás de salmos. Isso aconteceu quando o suporte em que foram escritas as traduções foi reutilizado centenas de anos depois por pessoas que transcreviam textos religiosos.

    No vídeo, publicado no Facebook pela equipe do Laboratório de Acelerador Nacional SLAC dos EUA, os investigadores sublinham que o texto foi "apago de maneira horrível" e depois sobrescrito no século XI. Resíduos de ferro encontrados nas páginas podem indicar que o metal teria sido utilizado para eliminar o texto original para poder escrever de novo sobre a pele.

    Agora, os especialistas planejam analisar as 26 páginas do manuscrito para produzir arquivos de alta resolução, esperando que a transcrição original de Galeno possa ser revivida.

    Escrito na Síria antiga, cientistas acham que o texto é a cópia mais antiga conhecida da obra "Sobre as misturas e poderes das drogas simples" escrita por Galeno, falecido no ano 210 d.C.

    Considerado ser o primeiro a investigar o corpo através de dissecação, o cirurgião desenvolveu teorias que dominaram a medicina europeia durante mais de um milênio.

    Mais:

    Boa mãe: foi descoberta serpente que toma conta dos filhotes (VÍDEO)
    Surge nova teoria sobre maior apocalipse vulcânico
    Tags:
    antiguidade, medicina, descoberta, Síria, Egito, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik