01:21 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Fractal (imagem ilustrativa)

    Revolução de luz: cientistas descobrem nova forma de matéria fotônica

    CC0 / PublicDomainPictures
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1181

    Cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Harvard provaram que os fótons podem interagir. Essa descoberta poderia representar um passo para usar os fótons na computação quântica.

    Segundo um artigo publicado na revista Science Daily, uma equipe de cientistas liderada por Vladan Vuletic, professor de Física do MIT e o professor Mikhail Lukin da Universidade de Harvard observaram grupos de três fótons interagindo e mantendo-se unidos para formar um tipo completamente novo de matéria fotônica.

    Durante a experiência, os pesquisadores descobriram que, ao passar um raio laser muito fraco através de uma nuvem densa de átomos de rubídio ultrafrio, em vez de sair da nuvem separados, os fótons uniram-se em pares e em trios.

    Segundo Vuletic, esses resultados mostram que os fótons podem interagir ou enredar-se entre si. Se os cientistas conseguirem fazer os fótons interagir de outras maneiras, essas partículas podem ser utilizadas para realizar cálculos quânticos extremamente rápidos e incrivelmente complexos.

    "Os fótons podem viajar muito rápido a longa distância e a gente está usando a luz para transmitir informação, como as fibras óticas. Se for possível enredar esses fótons e se o fizermos, é possível usá-los para distribuir informação quântica de uma maneira interessante e útil", comentou Vuletic.

    Mais:

    'Dando luz a Voldemort': ultrassom terrível de bebê assusta internautas (FOTOS, VÍDEO)
    Devolução do aeroporto de Viracopos acende luz amarela nas privatizações
    Tags:
    cientistas, luz, Física, MIT, Universidade de Harvard, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik