22:05 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Surfista

    Curte surf? Cuidado, pois você pode acabar sendo vítima de superbactérias

    CC BY 2.0 / Courtney Nash / Maui surfer
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Surfistas são pessoas em cujos estômagos se encontram três vezes mais frequentemente superbactérias resistentes a antibióticos, advertem cientistas em um artigo, publicado no jornal Environment International.

    Um dos problemas que ultimamente têm enfrentado os médicos são as chamadas "superbactérias" — micróbios resistentes a um ou vários antibióticos. Entres estas estão tanto bactérias raras como os comuns estafilococos (Staphilococcus aureus) e Pneumococo (Klebsiella pneumoniae). É provável que com o tempo todos os antibióticos percam sua eficiência contra tais bactérias, temem médicos.

    Segundo médicos, as principais "incubadoras" destes micróbios são hospitais veterinários e fazendas de criação de animais que usam antibióticos para acelerar crescimento da carne do gado.

    Porém, a equipe de William Gaze da Universidade de Exeter (Reino Unido) descobriu outra fonte destas bactérias e como elas se propagam pelas pessoas após ter analisado a microbiota do estômago e intestino dos que frequentam piscinas, praias e outros lugares com muita água e potenciais vetores de micróbios perigosos.

    Baseando-se nos dados do estudo, cientistas dividiram as pessoas analisadas em duas categorias: as que praticam surf e as que preferem outros esportes aquáticos. O número de micróbios resistentes a antibióticos é três vezes maior nos organismos de surfistas, afetando um de cada dez deles.

    "Não estamos dizendo que a humanidade deva evitar o mar e nunca praticar surf, atividade que faz bem à saúde física e mental das pessoas. Por outro lado, é necessário que as pessoas entendam todos os riscos ligados ao surf", afirmou Gaze.

    Por que surfistas acabaram sendo os principais vetores de superbactérias? Médicos acreditam que isso se deve a dois fatores. Primeiro, eles engolem aproximadamente 10 vezes mais água do que nadadores e mergulhadores comuns. Além disso, surfistas praticam esporte nas águas costeiras com alta porcentagem de águas residuais que, por sua vez, contêm tanto antibióticos, como superbactérias, "criadas" em granjas e hospitais.

    Mais:

    Casa Branca divulga primeiro exame médico anual de Trump na presidência
    Mexicano que afirma ter o pênis mais comprido do mundo é desmentido pelo médico
    Tags:
    doença, micróbios, bactérias, esporte, surfistas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar