15:43 18 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Homem vestido com traje tradicional maia

    Foi encontrado túmulo mais antigo de governante maia na Guatemala

    © AP Photo/ Moises Castillo
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 68231

    Um grupo de arqueólogos descobriu o túmulo mais antigo já encontrado de um governante maia na cidade de El Peru-Waka, no norte da Guatemala, disse o vice-diretor de pesquisa e professor de antropologia da Universidade de Washington em St. Louis (USA), David Freidel.

    O túmulo descoberto pelos arqueólogos do Projeto Arqueológico Waka, composto por especialistas guatemaltecos e norte-americanos, data dos anos 300-350 d.C. Dessa forma, esse é o túmulo clássico mais antigo encontrado até agora na região de Peten, no norte da Guatemala.

    Waka é uma das mais antigas dinastias maias, estabelecida no segundo século d.C. Os restos mortais do governante encontrados no mausoléu supostamente pertenciam a Te 'Chan Ahk, um conhecido rei de Waka que governou durante o século IV d.C.

    Os arqueólogos estabeleceram que o mausoléu era de um membro da realeza pela presença de uma máscara de jade representando o governante como o deus do milho. Os reis maias eram retratados regularmente desta forma.

    Arte rupestre chinês (foto de arquivo)
    © AP Photo/ Xinhua Photo/Zou Hong
    Também foram encontrados no túmulo 22 vasos de cerâmica, adornos de jade e um pendente de concha esculpido em forma de crocodilo. Os restos de Te 'Chan Ahk e alguns adornos como a máscara estavam pintados com tinta vermelha brilhante.

    Segundo os cientistas, possivelmente desde 600 d.C. os membros da comunidade entravam no túmulo para venerar os restos mortais e é possível que os ossos tenham sido pintados precisamente nessa ocasião.

    Mais:

    Descoberta do século: antigo túmulo maia encontrado após cem anos de buscas
    Tags:
    túmulo, arqueologia, cientistas, Maia, Guatemala
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik