22:51 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    221
    Nos siga no

    O asteroide gigante Florence, cujo tamanho é proporcional a uma cidade pequena, passou pela Terra a uma distância potencialmente perigosa de 7 milhões de quilômetros, Vladimir Lipunov, chefe do Laboratório de Monitoramento Espacial do Instituto Astronômico de Sternberg, disse à Sputnik nesta sexta-feira.

    "Florence passou com segurança [pela Terra]. Os observadores têm tirado fotografias do mesmo usando telescópios robóticos de nossa rede [rede de telescópios de alerta transientes ópticos], primeiro do Lago Baikal e depois da África do Sul", disse Lipunov.

    De acordo com o cientista, o asteroide se aproximou por volta de 7 milhões de quilômetros da Terra, que é aproximadamente 18 vezes maior que a distância da Terra à Lua.

    Mais cedo em agosto, a NASA informou que Florence se tornaria o maior asteroide que chegaria próximo da Terra desde que o programa da agência espacial estadunidense passou a detectar e rastrear asteroides próximos da Terra. De acordo com a NASA, o asteroide tem aproximadamente 2,7 milhas de diâmetro.

    O asteroide Florence foi descoberto pelo Observatório Siding Spring, da Austrália, em março de 1981. O asteroide recebeu o nome de Florence Nightingale, uma reformadora social inglesa e a fundadora da enfermagem moderna.

    O próximo encontro da Terra com o mesmo asteroide pode ocorrer após 2500.

    Mais:

    Daqui a 2 anos NASA realizará grandiosos planos no Planeta Vermelho
    O que há 'no topo do mundo'? A NASA mostra! (FOTO)
    NASA revela as impressionantes dunas de neve de Marte (FOTO)
    Tags:
    tecnologia, ciência, espaço, Florence, asteroide, NASA, Florence Nightingale, Vladimir Lipunov, Espaço, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar