23:17 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    811
    Nos siga no

    Astrônomos indianos descobriram uma das maiores estruturas do Universo e a batizaram de Sarasvati.

    Uma equipe de astrônomos do Centro Interuniversitário de Astronomia e Astrofísica (IUCAA, na sigla em inglês) em Pune, na Índia, anunciaram, junto com investigadores de outras duas universidades, a descoberta de uma das maiores estruturas do Universo, Sarasvati, um superaglomerado de galáxias localizado na direção da constelação de Peixes, a cerca de 4000 milhões de anos-luz da Terra, informa o IUCAA.

    Os superaglomerados são as maiores estruturas do Universo, formadas por densos aglomerados dispostos em filamentos e outras configurações.

    Superaglomerado de galáxias Sarasvati
    Superaglomerado de galáxias Sarasvati

    Os cientistas descobriram Sarasvati usando imagens do projeto astronômico Sloan Digital Sky Survey. Este superaglomerado possui um diâmetro de 600 milhões de anos-luz e tem uma massa equivalente a 20.000 trilhões de sóis. Os detalhes da pesquisa foram publicados na revista da Sociedade Astronômica Norte-Americana.

    O nome deste superaglomerado faz referência a um rio, encontrado em um antigo texto indiano e, ao mesmo tempo, é o nome da divindade que guarda os rios celestes. Na história moderna da Índia, Sarasvati é o nome da deusa da sabedoria, da arte e da música.

    Mais:

    NASA encontra mancha colossal no Sol (VÍDEO)
    NASA premia construtores de casas em Marte com 200.000 dólares
    NASA protegerá Terra de asteroides
    Tags:
    universo, galáxias, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar