21:34 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    A galáxia superbrilhante NGC 7250

    Telescópio espacial fotografou a estrela que ofuscou uma galáxia inteira

    © Foto: ESA/Hubble & NASA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    32039111

    O telescópio espacial Hubble tirou fotos de uma galáxia superbrilhante NGC 7250 que é quase invisível para nós por causa da potente emissão radiação de uma estrela – a TYC 3203-450-1.

    NGC 7250 é uma das galáxias mais ativas do Universo e está afastada da Terra 45 milhões de anos-luz, mas a existência da estrela TYC 3203-450-1, que está "obstruindo" sua luz, cria obstáculos para determinar a distância até esta galáxia e outros objetos. O site do Hubble comunicou que o telescópio conseguiu fotografar esta galáxia ofuscada por uma estrela.

    Nós apenas conseguimos ver o céu "plano", por isso a posição real das estrelas e a distância entre elas não são claras. Os cientistas têm que buscar sempre novos métodos para calcular a distância entre os objetos no espaço.

    A maioria dos métodos funciona numa pequena amplitude de distâncias e tipos de objetos. Por exemplo, o método de paralaxe estelar, em que é considerado o deslocamento das estrelas em relação a objetos mais afastados à medida que a Terra gira em torno do Sol, funciona apenas para as estrelas mais próximas, afastadas até 2-10 mil anos-luz da Terra.

    Os cientistas tentam combinar vários métodos num sistema de escalas de distâncias cósmicas e procuram constantemente meios para melhorar sua precisão. Agora, o principal aparelho para realizar esta tarefa, além do telescópio espacial Hubble, é a sonda europeia GAIA que já calculou as posições de quase um bilhão de astros na Via Láctea.

    Mais:

    OVNI? NASA mostra objeto misterioso perto da estação espacial (VÍDEO)
    Estudante brasileira é premiada em concurso da Nasa por estação espacial futurista
    Rússia desenvolve projeto preliminar do veículo espacial de lançamento Angara A5V
    Tags:
    telescópio, Via Láctea, universo, estrelas, galáxia, Hubble, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik