17:00 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Visão artística da siperfície de Titã, satélite de Saturno

    Cientistas norte-americanos descobrem lua elétrica no centro do Sistema Solar

    © AFP 2017/ HO / ESA / AFP
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    22236594

    Segundo os cientistas norte-americanos, Titã, um satélite de Saturno, pode ser classificado como uma "lua elétrica".

    Um grande artigo sobre o assunto foi publicado pela edição Nature Geoscience.

    São referidas as dunas que ficam nas zonas equatoriais de Titã. É surpreendente, mas os modelos observados na superfície das dunas não correspondem às direções principais do movimento das massas atmosféricas.

    Por outras palavras, as dunas são formadas não pelo vento, mas pelas quaisquer outras forças.

    "As partículas das substâncias de hidrocarbonetos estão se friccionando constantemente provocando o efeito triboelétrico [surgimento das cargas elétricas devido ao atrito]. É ele que é responsável pela formação da estrutura das dunas", acrescentam os cientistas norte-americanos que estudaram a orientação extraordinária das dunas de Titã.

    Os cientistas comprovam a informação com um experimento complexo, no âmbito do qual os processos nas dunas de Titã foram recriados em condições de laboratório.

    Existem também outras explicações para a orientação extraordinária das dunas de Titã. Por exemplo, as relacionadas com o movimento desproporcional dos vários estratos na atmosfera da lua.

    Mais:

    Sonda espacial Cassini-Huygens descobre 'água' no maior lago de Titã
    NASA publica foto do satélite de Saturno parecido com ravióli
    Tags:
    atmosfera, descoberta, lua, orientações, dunas, experimento, cientistas, satélite, Saturno, Titã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik