13:42 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    380
    Nos siga no

    A Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO) iniciou na segunda-feira a construção de um túnel de vento hipersônico, o terceiro maior do mundo, na cidade de Thiruvananthapuram, no sul da Índia. O túnel será usado para otimização do design e desenvolvimento de sistemas de transporte espaciais.

    A construção, dedicada à memória do destacado cientista indiano Satish Dhawan, conterá duas partes – a primeira é um túnel de vento hipersônico, e a outra é um túnel de choque, que serão usadas para estudar os efeitos de passagem do fluxo de ar diante de objetos sólidos no Centro Espacial Vikram Sarabhai (VSSC) na Índia.

    "Pelas suas dimensões e capacidade de simulação este túnel é o terceiro maior do mundo", se lê numa declaração do VSSC, onde também foi sublinhado que as instalações foram feitas pelos especialistas indianos com o apoio de indústrias locais.

    Nos próximos meses, a Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO) vai iniciar vários projetos como os de veículos de lançamento reutilizáveis (RLV na sigla em inglês), de veículos de lançamento de dois estágios para órbita (two-stage-to-orbit, TSTO), de sistemas de propulsão de ar respirado e do futuro programa de voo espacial tripulado.

    "Isto mostra a capacidade do país para criar instalações de nível mundial sem usar tecnologias estrangeiras", comunicou o chefe da ISRO, Aluru Seelin Kiran Kumar, citado pelo jornal indiano The Hindu. A indústria espacial indiana tem sofrido um embargo em várias tecnologias mais avançadas.

    Mais:

    China e Índia dispostas a cooperar no espaço
    Novo recorde espacial: Índia lança 104 satélites simultaneamente (VÍDEO)
    Índia lança o seu primeiro foguete portador reutilizável
    Tags:
    pesquisa, espaço, Organização Indiana de Pesquisa Espacial, ISRO, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar