05:48 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Cosmonauta russo no espaço, 3 de fevereiro de 2016

    Rússia não mostra sexismo ou racismo ao escolher cosmonautas

    © Sputnik / Roscosmos
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    443

    O sexo e cor de pele dos candidatos não irão desempenhar papel algum na escolha dos novos cosmonautas russos. O fator principal está ligado às habilidades dos interessados, declarou na terça-feira (14) o diretor executivo dos programas de voos da Roscosmos – Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia, Sergei Krikalev.

    "Não haverá divisão alguma por cor da pele e caráter sexual", confirmou Sergei Krikalev.

    Segundo ele, a primeira etapa da escolha é por correspondência, quando os interessados enviam seus documentos. A lista dos documentos necessários pode ser encontrada no site oficial do Centro de Treinamento de Cosmonautas Yury Gagarin.

    "As exigências de idade — até 35 anos, além disso, candidato deve ter boa saúde e ensino superior. Na próxima etapa serão testadas qualificação, capacidade de aprender e competência física. Os documentos já podem ser preparados a partir de agora", informou.

    O programa de recrutamento de cosmonautas pela Roscosmos foi iniciado no dia 14 de março.

    Mais:

    Preparação séria: futuros cosmonautas passarão por teste de sobrevivência na Taiga russa
    Mão robótica russa ajuda cosmonautas da EEI
    Roscosmos pretende 'expelir' lixo espacial pra fora da órbita da Terra
    Novo uniforme 'Urso Branco' protege cosmonautas do frio
    Tags:
    nação, exigências, cosmonautas, ensino, sexismo, idade, programa, recrutamento, treinamento, racismo, Roscosmos, Espaço, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik