20:14 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0160
    Nos siga no

    A corporação estatal russa Rosatom informou que o início do funcionamento dos reatores da primeira usina nuclear flutuante do mundo está programado para a primeira metade de 2017, informou a assessoria de imprensa do consórcio Rosenergoatom, que faz parte da Rosatom, em comunicado, na terça-feira (27).

    A usina nuclear flutuante Akademik Lomonosov, que será instalada na região de Chukotka, no Extremo Oriente da Rússia, contará com dois reatores de propulsão naval KLT-40 com potência de 70 MW de energia elétrica, ou 300 MW de calor.

    "O abastecimento e início de funcionamento físico da usina nuclear flutuante está programado para a primeira metade de 2017", acrescentou Rosenergoatom.

    Em 2015 foi construído por completo todo o corpo da usina com equipamento naval e energético. Em 2016 deram início os testes dos sistemas e equipamentos do bloco energético flutuante de acordo com programas e métodos elaborados. Segundo previsto, até 2019 será concluída a construção de instalações costeiras e hidrotécnicas, bem como a transferência do bloco energético à cidade de Pevek, na região de Chukotka.

    Mais:

    Usina nuclear russa no Vietnã: um projeto que explodiu
    Irã e Rússia lançam projeto de construção da usina nuclear Bushehr 2
    Tags:
    Rússia, Chukotka, Rosatom, Rosenergoatom, usina nuclear, equipamento, reatores, testes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar