06:20 21 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Vaca Alma C1, clonada em Peru

    Amiga peruana da Dolly: Peru tem seu próprio animal clonado

    © Foto: UNTRM
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    121

    Cientistas do Peru foram responsáveis pela criação do primeiro animal clonado do país. Eles esperam que tal passo lhes ajude a clonar espécies ameaçadas de extinção.

    Cientistas peruanos clonaram uma bezerra, primeiro animal clonado do Peru, na Universidade Toribio Rodriguez de Mendoza (UTRM), em Chachapoyas, 1.200 quilômetros ao norte de Lima.

    A bezerra se chama Alma C1 e foi concebida graças a uma técnica de clonagem artificial, conhecida como "clonagem artesanal".

    Depois do Chile, o Peru é o segundo país da América Latina a executar tal método de clonagem.

    "Isso significa muito para os pesquisadores", doutor Luis Murga, um dos criadores de Alma, disse à Sputnik Mundo.

    "Nós atingimos os resultados através de trabalho duro. Na verdade, estamos orgulhosos e felizes por entrar no mundo da clonagem da Amazônia, do Peru e por fazermos parte dos 16 países que desenvolvem esse método avançado", disse Murga.

    A clonagem artesanal é mais barata do que a clonagem tradicional, pois a última utiliza um equipamento muito caro – o micromanipulador. A ovelha Dolly, primeiro animal clonado no mundo, foi clonada na Escócia em 1996 através do método mais caro.

    ​Com o micromanipulador, os cientistas examinam as células somáticas no microscópio, inserem uma agulha muito fina para sugar o seu núcleo e, em seguida, usam outra agulha para transferir um núcleo do animal a ser clonado.

    ​A clonagem artesanal é mais barata e eficaz, pois exige equipamento mais barato e envolve menos funcionários, que, não necessitam ser tão qualificados.

    Na clonagem artesanal, os cientistas usam uma lâmina muito fina para dividir células somáticas ao meio no microscópio. Em seguida, eles localizam "citoplastos" vazios, ou seja, as metades sem o embrião. Para criar um embrião clonado, em primeiro lugar, uma célula de um animal adulto é fundida com um citoplasto, depois é fundida outra célula. Tal processo pode ser feito com uma máquina de fusão relativamente barata que custa cerca de 3 mil dólares.

    Os cientistas peruanos criaram o embrião da Alma usando uma célula da orelha de outra vaca.

    "Nessa técnica, é preciso colher um fragmento de tecido de qualquer parte do animal, o qual você queira clonar. Colhemos uma parte da epiderme da orelha de uma vaca, mas você pode colher cartilagem, sangue ou qualquer outro tipo de célula, pois cada célula contém DNA dentro da sua estrutura. Nós a transferimos da atmosfera viva para um tubo de ensaio, onde cresce o um embrião", Henin Cortes, bióloga que participou no projeto, disse à Sputnik Mundo.

    Segundo Cortes, Alma é como um cãozinho e tem uma personalidade agradável.

    "Alma está sempre por perto, está em constante contato com a gente e com os que cuidam dela pela gente. Este animal é muito autoconfiante, ela espera que cheguem visitas e nota quem vai e vem. Ela não é apenas bonita, é também muito obediente".

    Os cientistas esperam que tal passo os ajude a clonar espécies ameaçadas de extinção. Atualmente, está sendo criado um bando de recursos genéticos de animais domésticos e selvagens ameaçados de extinção.

    "É como a Arca de Noé de células animais. Colhemos as melhores amostras dos melhores animais, aqueles que ganharam competições nacionais, para a proteção genética. Além disso, estamos armazenando as células de animais selvagens como o urso-de-óculos, raposa andina e outras espécies que estão ameaçadas de extinção", disse Cortes.

    Mais:

    Lince na porta: animal misterioso localizado em cidade oriental russa (VÍDEO)
    "Ajude um animal": Catarinenses criam projeto para proteger cães do frio
    Animal sagrado e no poder: indianos querem criar Ministério das Vacas
    Bisão é declarado animal símbolo dos EUA por decisão de Obama
    Rússia começa a clonar mamutes extintos há milhares de anos
    Tags:
    espécies, célula, ADN, cientistas, vaca, clonagem, América Latina, Lima, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik