20:21 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    001
    Nos siga no

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou hoje (27) um novo estudo revelando que 92% da população mundial vive em áreas onde a qualidade do ar excede os limites estabelecidos pela entidade.

    Dados da OMS indicam que uma em cada nove mortes no mundo está relacionada ao ar excessivamente poluído em ambientes fechados ou abertos. De acordo com a entidade, níveis altos de poluição contribuem para derrames, problemas cardiovasculares, câncer de pulmão e outras doenças.

    Trata-se do mais completo relatório global já divulgado pela organização sobre zonas de perigo para poluição do ar, com base em informações de medições por satélite, modelos de transporte aéreo e monitores de estação terrestre de mais de 3 mil localidades rurais e urbanas.

    “A poluição do ar continua prejudicando a saúde das populações mais vulneráveis – mulheres, crianças e adultos de mais idade. (…) Para que as pessoas sejam saudáveis, elas precisam respirar ar limpo do primeiro ao último suspiro” – disse a diretora-geral adjunta da OMS, Flavia Bustreo.

    A organização alerta que as principais fontes de poluição do ar incluem modelos ineficientes de transporte; combustível doméstico e queima de resíduos; usinas de energia movidas a carvão; e atividades industriais em geral.

    Tags:
    OMS, poluição, alerta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar