02:11 18 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    WhatsApp

    Rússia tem ‘WhatsApp’ para 500 milhões de budistas

    © Foto: Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 72861

    Kirsan Ilyumzhinov, ex-presidente da república russa da Kalmukia, lançou um novo serviço de mensagens instantâneas que tenta unir 500 milhões de budistas em todo planeta.

    Mark Zuckerberg com a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff
    © AFP 2017/ ROBERTO STUCKERT FILHO / PRESIDENCIA BRASIL
    A ideia de criar um serviço  para budistas surgiu durante uma visita de Ilyumzhinov a Bangkok há três anos, explicou o ex-mandatário em entrevista à NSN.

    “Quando vi um milhão e cinquenta mil pessoas sentadas na minha frente na posição de lótus, tive a ideia”, lembrou.

    O ex-líder declarou ainda que levou em conta a opinião do Dalai Lama durante a criação do aplicativo.

    O serviço se chama Kirsan e foi desenvolvido para plataformas AppStore e Google Play. Outros nomes como “Buda” e “Mantra” foram levados em consideração, mas a equipe responsável pelo desenvolvimento do aplicativo insistiu por acreditar que o primeiro nome de Ilyumzhinov era bem conhecido entre todos budistas do mundo.

    Além disso, o ex-presidente conhece vários movimentos dentro do budismo e mantém boas relações com a comunidade. Por isso, Kirsan foi escolhido como nome. 

    Segundo o site do aplicativo, a intenção principal do serviço é unir mais de 500 milhões de budistas em todo planeta.

    Mais:

    Brasileiros ameaçam terroristas do Daesh no WhatsApp
    WhatsApp volta a funcionar e operadoras pedem debate sobre regulamentação
    Fiocruz desmente informação sobre Zika que circula no WhatsApp
    Tags:
    mensagens instantâneas, aplicativo, budismo, WhatsApp, Kirsan, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik