12:48 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Simulação da aproximação de um asteroide.

    Lua menor: Asteroide de 0,5km passa perto da Terra

    © AP Photo / NASA / JPL-CalTech
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    241

    Os astrônomos do observatório Mount Lemmon afirmam que o asteroide passou ontem (5) bastante perto da Terra.

    Ontem (5), um asteroide graúdo e ainda anônimo (ele só é conhecido com o número 388945) passou numa distância de 5 milhões de quilômetros do nosso planeta, comunica o centro dos planetas pequenos da União Astronômica Internacional.

    Este corpo celeste entra no grupo dos assim chamados asteroides do Appolon- corpos celestes pequenos que se aproximam do Sol mais perto do que a nossa Terra e cuja orbita atravessa a trajetória da rota do nosso planeta. Este asteroide foi descoberto pelo observatório Mount Lemmon, situado nas montanhas de Santa Catalina.

    Graças ao seu grande tamanho (os astrônomos estimam que o seu diâmetro pode variar entre 160m e 490m), este objeto foi incluído na lista dos objetos potencialmente perigosos para a Terra. Este lista inclui todos os asteroides que podem se aproximar da Terra na distância de 0,05 unidades astronômicas (7,5 milhões de quilômetros) e são de tamanhos grandes – de 150m e mais.

    Ontem não houve nenhuma ameaça para a Terra, já que o asteroide 388945 passou perto do nosso planeta às 7h08 de Brasília, a uma distância que corresponde à distância entre a Lua e a Terra, 5 milhões de quilômetros. Ele pode passar no futuro tanto mais perto, como mais longe da Terra.

    Mais:

    NASA destaca necessidade de um regulamento internacional para explorar o espaço
    Países do BRICS planejam cooperar no espaço para proteger a Terra
    Tags:
    planeta, celeste, astronomia, Terra, asteroide, Santa Catalina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar