12:26 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Sol e Marte

    Estação ExoMars chegará a órbita de Marte em outubro

    © AP Photo / Goddard Space Flight Center/NASA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 90
    Nos siga no

    O projeto conjunto para estudar o planeta vermelho avança com sucesso.

    Espera-se que o aparelho espacial ExoMars, lançado por um foguete portador russo Proton-M, alcance a órbita marciana em 16 de outubro.

    “A fase mais crítica, isto é, o lançamento e a colocação em órbita pelo Proton-M russo com o módulo de aceleração Briz-M, foi bem sucedida, e isto foi da responsabilidade da Roscosmos”, disse Komarov.

    “Não tivemos quaisquer problemas, em comparação com os fracassos do foguete Proton, e isto incute otimismo”, precisou o chefe.

    O ExoMars-2016 e o ExoMars-2018 são projetos conjuntos da ESA e da Roscosmos. Durante a primeira missão orbital, o módulo Trace Gas Orbiter (TGO), com equipamento científico russo, estudará os compostos de gás na atmosfera e a redistribuição de gelo no solo de Marte.
    Komarov notou que, apesar das sanções, a Rússia continua liderando o desenvolvimento  e a produção de motores espaciais.

    “Nós estamos no primeiro lugar nos serviços de lançamento espacial: realizamos mais de 40% dos todos lançamentos mundiais”, afirmou Komarov.

    “Mas temos outras áreas  na atividade cósmica em que trabalhamos: telecomunicações, sondagem à distância da Terra – e claro, os temas para estudar dos nossos parceiros”, concluiu o chefe da Roscosmos.

    Mais:

    Pronto para um passeio? Rússia lança projeto de robô espacial ambicioso
    Roscosmos planeja construir motor atômico para missões ao espaço distante
    Colonização de Marte é possível em menos de 10 anos
    Tags:
    órbita, Marte, lançamento espacial, ExoMars, Proton, Roscosmos, Agência Espacial Europeia (ESA), Igor Komarov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar