11:49 19 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    O astronauta Scott Kelly e os cosmonautas russos Sergey Volkov e Mikhail Kornienko, rodeados por pessoal logo após o desembarque, 2 de março de 2016.

    ‘Já pousaram!’ Passado um ano cosmonautas voltam à Terra

    © REUTERS/ Kirill Kudryavtsev/Pool
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    271

    O pouso da cápsula Soyuz com três tripulantes a bordo aterrou com sucesso a 147 quilômetros da cidade cazaque de Zhezkazgan na quarta-feira (2) de manhã.

    "O módulo da Soyus aterrou a 147 quilômetros da cidade de Zhezkazgan, região de Qarağandı, na República do Cazaquistão", disse o representante do Centro de Controle de Missão russo à RIA Novosti.

    Na cápsula vieram o cosmonauta russo Mikhail Kornienko, o norte-americano Scott Kelly, que passou 340 dias na Estação Espacial Internacional (EEI) — a mais longa missão espacial já registrada, bem como o cosmonauta russo Sergei Volkov, que passou seis meses na EEI. 

    Cerca de 200 militares, bem como 12 helicópteros Mi-8 com equipamento especial, quatro aviões de transporte An-12 e An-26 e 18 veículos todo-o-estiveram envolvidos na operação de busca e recuperação da nave espacial. 

    Durante a missão, a tripulação realizou uma série de experimentos científicos importantes.

    Scott Kelly publicou as fotos da primeira flor que cresceu no espaço.

    A NASA (Agência Espacial Nacional dos EUA) sublinhou que esta experiência bem sucedida abriu caminho para uma missão tripulada a Marte.

    Além disso, os cientistas europeus enviaram para a Estação Espacial pequenos cogumelos que habitualmente crescem nas rochas da Antártida. O Cryomyces antarcticus e o Cryomyces minteri foram plantados a bordo da estação em condições próximas às de Marte. Passados 18 meses, mais de 60 por cento das células dos cogumelos permaneceram intactas, ou seja, com o ADN a funcionar.

    Os cosmonautas russos Yury Malenchenko e Sergei Volkov realizaram uma caminhada espacial na EEI realizando um experimento para reparar a nave espacial. Eles tiraram fotos hipnotizantes desse passeio, entre as quais, provavelmente a melhor selfie tirada em todo o tempo.

    #ЮрийМаленченко даже успел сделать #космоселфи специально для @roscosmosofficial! #spaceselfie by cosmonaut #YuriMalenchenko.

    Фото опубликовано Сергей Волков // Sergey Volkov (@volkov_iss) Фев 6 2016 в 2:55 PST

    Scott Kelly espantou o mundo jogando pingue-pongue nas condições de microgravidade com duas pás hidrofóbicas e uma esfera de água.

    Usando uma câmera de resolução 4K, a equipe fez um vídeo impressionante de um comprimido efervescente se dissolvendo em uma bola de água.

    Scott Kelly tirou uma série de fotos da Terra de uma altitude de cerca de 400 quilómetros, que mostram a beleza e a fragilidade do mundo.

    #EarthArt Snow-capped mountains in a blue dusk almost make me feel the cold air.Almost.Via Scott Kelly #YearInSpace pic.twitter.com/lIvOC8hMWT

    #EarthArt Desert dunes. #YearInSpace pic.twitter.com/eRMu9BUKif

    Scott Kelly fez uma brincadeira com o seu colega britânico Tim Peake, o perseguindo em uma roupa de gorila.

    Os membros da tripulação devem ser substituídos por Aleksey Ovchinin e Oleg Skripochka da Rússia, bem como Jeffrey Williams dos EUA, que deverão decolar a bordo da Soyuz TMA-20M em 19 de março.

    © Sputnik.
    Voltando de órbita: cosmonautas e astronautas se abraçam antes de voltar à Terra

    Mais:

    Roscosmos aumenta tempo de viagem da próxima missão à EEI de seis horas para dois dias
    Cosmonautas da EEI testam a primeira colheita de couve no espaço
    'Nova economia espacial': Luxemburgo lança programa de mineração em asteroides
    Pronto para um passeio? Rússia lança projeto de robô espacial ambicioso
    Tags:
    Estação Espacial Internacional (EEI), Cazaquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik