03:44 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2131
    Nos siga no

    A Rússia está quase completamente coberta do sistema de resposta de emergência, que visa diminuir a taxa de mortalidade nas estradas.

    Por enquanto, o ERA-GLONASS, o sistema de socorro de emergência, funciona em 83 regiões da Rússia, ou seja, em todos com exceção da Crimeia e Sevastopol, onde o sistema será introduzido até o fim de 2015. Assim, o ERA-Glonass cobrirá todo o país em um mês. 

    O diretor do Glonass, Aleksandr Gurko, sublinhou: “O sistema de resposta de emergência ERA-Glonass funciona em quase todas as regiões da Federação da Rússia. Mais precisamente, o sistema cobre 83 regiões, em Sevastopol e Crimeia será introduzido até o fim de 2015 e será passado para a tutela do Ministério dos Transportes. Assim, todo o país será abrangido”, disse.

    O empresário destacou que atualmente está sendo finalizada a montagem do equipamento na Crimeia:

    “Será instalado o sistema de orientação via satélite de alta precisão. De acordo com um programa separado, o transporte rodoviário foi dotado de sistemas Glonass. Em dezembro de 2015 dois centros de processamento de dados serão postos em funcionamento  - em Sevastopol e Simferopol, que concentrarão toda a informação vinda dos veículos, que depois será analisada nos centros inter-regional e federal”.

    Segundo Aleksandr Gurko, o sistema ERA-Glonass funciona em qualquer local onde exista, pelo menos, uma companhia telefônica:

    “A transmissão do sinal se realiza através da rede celular. Se o carro se desloca em um território onde não há nenhuma empresa, é preciso instalar adicionalmente um modem de satélite – essa é uma opção adicional. No entanto, a maior quantidade de acidentes acontece em locais de grande aglomeração dos carros, lá a rede celular, em geral, funciona”, precisou o presidente da Glonass.

    A ERA-Glonass é um sistema de resposta de emergência nacional. Informa automaticamente as forças de socorro caso haja um acidente ou outras situações de emergência. Segundo os criadores, o sistema visa diminuir a taxa de mortalidade nos transportes rodoviários.

    Mais:

    Navegador russo Glonass conquista usuários estrangeiros
    Sistema russo de navegação Glonass terá uma nova estação no Brasil
    Tags:
    Glonass, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar