13:43 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Empresa russa Rostec durante Feira de Defesa e Segurança LAAD no Rio de Janeiro, 2013

    Estatal russa propõe unificar as plataformas de governo eletrônico dos BRICS

    © AFP 2017/ VANDERLEI ALMEIDA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    1859191

    Rostec, corporação estatal da Federação da Rússia que desenvolve, fabrica e exporta produtos industriais de alta tecnologia para o uso civil e militar, apresentou na cidade de Ufa (Rússia), durante a VII Cúpula dos BRICS, a proposta de criação de uma plataforma única de governo eletrônico para os países que integram o grupo.

    A iniciativa da Rostec foi anunciada pelos representantes do Centro Nacional de Informatização (CNI) da Rússia. O projeto foi divulgado durante a sessão de grupos industriais que integram o Conselho de Negócios dos BRICS.

    “O objetivo é promover a sinergia e cooperação tecnológica entre as nações, tanto no que se refere à temas governamentais como em relação aos projetos desenvolvidos por startups de cada país. A plataforma conjunta permitirá que os governos eletrônicos, que atualmente são utilizados apenas para sistematizar informações, se tornem “intelectuais”, automatizando inclusive a tomada de decisões administrativas, nos mais altos níveis. A intenção é elevar a eficácia dos modelos de colaboração de setores privados e estatais de cada nação”, informou a assessoria de imprensa da Rostec.

    Com o governo eletrônico, as autoridades poderão ter acesso a base de software livre da plataforma aberta, permitindo a todos os órgãos governamentais desenvolverem suas próprias necessidades.

    “Nossa proposta visa o desenvolvimento lógico e natural da plataforma com o objetivo de criar a chamada ‘Aliança de TI dos BRICS’. A cooperação de nossos países permitirá uma grande mudança no desenvolvimento de novas tecnologias, além de ampliar a experiência de troca de conhecimento, incluindo o intercâmbio de matérias-primas para a produção de altas tecnologias”, afirmou Pavel Basin, vice-presidente da CNI da Rússia.

    Para colocar em prática a iniciativa russa, os autores da proposta recomendaram criar grupos de trabalho para compartilhar experiências e analisar as alternativas de manutenção do registro conjunto de software livre destinado aos órgãos controlados por cada país.

    Rostec é um dos principais atores russos no diálogo entre os países do BRICS. Vladimir Putin nomeou Serguey Chémezov, CEO da Rostec, como um dos representantes do país no Conselho Empresarial dos BRICS para a gestão de 2013-2015.

    A Corporação Rostec foi fundada em 2007 para apoiar a pesquisa, o desenvolvimento, a fabricação e a exportação de produtos industriais de alta tecnologia para o uso civil e militar. É um conglomerado estatal de aproximadamente 700 empresas, incluindo nove holdings que formam o complexo militar-industrial, e cinco grupos empresariais que atuam na indústria civil. Conta ainda com o controle direto de 22 companhias e marcas de renome mundial em seu portfólio, como a AVTOVAZ, KAMAZ, Helicópteros da Rússia e VSMPO-AVISMA, entre outras.

    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)
    Tags:
    governo eletrônico, Rostec, África do Sul, Índia, China, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik