19:00 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4342
    Nos siga no

    A aeronave russa que deve ser aterrada na Lua em 2019 neste momento está sendo testada.

    Silhuetas humanas no fundo da lua
    Mark Gee. National Maritime Museum
    O aparelho lunar russo neste momento está passando testes terrestres preparando-se para o pouso na Lua em 2019, disse no salão aeronáutico internacional Le Bourget um membro da delegação russa ligado ao desenvolvimento deste programa. 

    “Hoje em dia já existe a documentação construtora no quadro do projeto e os modelos para testes autônomos e complexos estão preparados”, disse o delegado.

    A Rússia planeja pousar a aeronave de pesquisa chamada Luna-25 (Lua-25) na região polar do satélite da Terra em vez do equador onde foram efetuadas todas as aterrisagens anteriores.

    Os cientistas russos decidiram posar o aparelho no polo sul da Lua porque consideram-no particularmente interessante. 

    Os pesquisadores planejam usar o aparelho para explorar a estrutura interna da Lua e o impacto dos raios espaciais e radiação eletromagnética na superfície lunar assim como para buscar recursos naturais na área.

    Entretanto, estes anúncios surgem paralelamente à proposta do representante oficial do Comitê de Investigação da Rússia Vladimir Markin de investigar a perda da película do filme feito por astronautas americanos na Lua.

    “Também é possível realizar uma investigação sobre o desaparecimento da película do filme feito pelos astronautas [americanos] na Lua ou sobre o lugar onde foram escondidos e nunca mais expostos ao público 400 quilos do solo lunar. Não, nós não estamos afirmando que eles não tivessem ido [à Lua] e simplesmente feito um filme. Mas todos esses artefatos científicos ou talvez culturais são patrimônio da humanidade e o desaparecimento sem traços deles é uma perda para todos nós. E a investigação irá esclarecer tudo”, escreveu Markin no jornal russo Izvestia comentando numa maneira irônica o papel dos EUA no escândalo de corrupção na FIFA.

    Markin frisou o fato que os procuradores americanos “se proclamaram o árbitro supremo nos assuntos internacionais de futebol”.

    Lembramos que o vídeo original feito em julho de 1969 durante a expedição lunar Apollo-11 foi perdido em 2009. Neste mesmo ano a NASA colocou no seu site o vídeo reconstruído do pouso do homem na Lua preparado por especialistas em Hollywood.

    Tags:
    cientistas, espaço, Roscosmos, NASA, EUA, Rússia, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar