18:42 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando parceiros não substituem a Rússia

    Charges
    URL curta
    9558
    Nos siga no

    A volta da Rússia para o G7, sugerida por Donald Trump, provocou desacordo entre líder norte-americano e outros membros do grupo.

    Quando parceiros não substituem a Rússia

    Segundo informa The Guardian, líderes de outros países do G7 não apoiaram a ideia de Donald Trump, o que levou até a uma discussão tensa, já que presidente norte-americano não consentia com argumentos dos colegas.

    Só primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, apoiou a ideia, enquanto o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, manteve uma posição neutra.

    Segundo Trump, "a Rússia deve estar presente na sala" para discutir problemas do Irã, Síria e Coreia do Norte.

    Mais:

    Está difícil ganhar essa Batalha Naval, né, EUA?
    Chamas que atiçam todos
    G7 ajudará 'o mais rápido possível' países afetados pelas queimadas na Amazônia
    Tags:
    G7, Rússia, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Deu branco na Europa sobre quem é culpado
      Last update: 13:34 12.11.2019
      13:34 12.11.2019

      Deu branco na Europa sobre quem é culpado

      Chanceleres da França, Alemanha e Reino Unido, em um comunicado conjunto, expressaram grande preocupação com as recentes declarações do Irã sobre enriquecimento de urânio.

    • Nem todos enxergam 'morte' da OTAN
      Last update: 12:12 08.11.2019
      12:12 08.11.2019

      Nem todos enxergam 'morte' da OTAN

      Em entrevista à revista The Economist, o presidente francês Emmanuel Macron se pronunciou sobre o estado atual da aliança OTAN, entretanto, nem todos os líderes mundiais concordaram com a avaliação dele.

    • Amor não correspondido
      Last update: 11:54 06.11.2019
      11:54 06.11.2019

      Amor não correspondido

      O cientista político e professor do Departamento de Relações Internacionais da UERJ, Mauricio Santoro, chamou as relações entre o Brasil e os EUA de "amor não correspondido", caracterizando as tentativas do governo Bolsonaro de construir relação preferencial com os EUA.

    • Quando não aprendeu a controlar terroristas
      Last update: 11:25 05.11.2019
      11:25 05.11.2019

      Quando não aprendeu a controlar terroristas

      O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, acusou países europeus de estarem tentando obrigar Ancara a resolver o problema da presença dos terroristas por si só.