09:05 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Sentar-se à mesa de negociações não é o forte de Trump

    Charges
    URL curta
    128
    Nos siga no

    Na terça-feira (8), Donald Trump anunciou a retirada dos Estados unidos do acordo nuclear iraniano e prometeu voltar a introduzir sanções contra o Irã. No entanto, os aliados europeus dos EUA expressaram preocupações com a medida.

    Sentar-se à mesa de negociações não é o forte de Trump

    Se antes países europeus se juntaram a iniciativas de Washington, desta vez até a França, Alemanha e Reino Unido, que fazem parte do grupo P5+1 que mediou o acordo, mostraram-se céticos com a decisão de Trump.

    De acordo com um comunicado conjunto emitido por Paris, Londres e Berlim, "o regime de não proliferação nuclear está em jogo".

    Mais:

    UE não pode salvar acordo com Irã depois da saída dos EUA, diz alto militar iraniano
    Parlamentar: ataque a Irã na Síria é ação planejada após saída dos EUA do acordo nuclear
    Senador russo: Trump não mudará postura sobre acordo iraniano
    Tags:
    negociações, acordo nuclear, Donald Trump, Alemanha, Reino Unido, França, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Impondo suas próprias regras à mídia
      Last update: 08:49 28.09.2020
      08:49 28.09.2020

      Impondo suas próprias regras à mídia

      A rede social Twitter removeu no campo de buscas a conta da RIA Novosti, do grupo midiático Rossiya Segodnya, não tendo dado nenhuma explicação sobre sua decisão.

    • Android não é mais bem-vindo aqui
      Last update: 10:47 10.09.2020
      10:47 10.09.2020

      Android não é mais bem-vindo aqui

      Gigante chinesa das telecomunicações Huawei anunciou utilização do próprio sistema operacional Harmony 2.0 em seus smartphones a partir de 2021 devido a limitações comerciais impostas pelos EUA.

    • Perdendo a corrida na Síria
      Last update: 11:46 27.08.2020
      11:46 27.08.2020

      Perdendo a corrida na Síria

      Durante tentativa de bloquear a passagem de um comboio de blindados russos na Síria, soldados americanos acabaram ficando feridos durante colisão entre um blindado da Rússia e outro americano.

    • Quando a intromissão dá errado
      Last update: 11:31 04.08.2020
      11:31 04.08.2020

      Quando a intromissão dá errado

      O presidente dos EUA, Donald Trump, em entrevista ao site Axios, chamou o envio de tropas para o Oriente Médio de maior erro da história dos Estados Unidos.