17:05 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Vontade dos EUA de destruir é grande, já de limpar... nem tanto

    Charges
    URL curta
    1130
    Nos siga no

    Os EUA não vão ajudar a restaurar regiões sírias controladas pelo presidente Bashar Assad, afirmou um alto funcionário norte-americano durante reunião dos chanceleres do G7.

    Vontade dos EUA de destruir é grande, já de limpar... nem tanto

    Segundo sublinhou David Satterfield, assessor interino do secretário de Estado dos EUA para assuntos do Oriente Médio, Washington prestará ajuda caso seja realizada reforma constitucional e eleições sob a égide da ONU. Segundo ele, esta tarefa exigirá ao menos 200 ou 300 bilhões de dólares.

    Os Estados Unidos apoiaram a queda de Bashar Assad, financiando opositores curdos e rebeldes que eventualmente se aliaram a grupos terroristas. A estratégia levou ao prolongamento do conflito, dividindo por anos o país em zonas controladas pelo governo e pelo Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia).

    Mais:

    EUA se recusam a ajudar restauração de regiões sírias controladas por Assad
    Macron pede aos EUA e aliados que permaneçam na Síria mesmo após derrota do Daesh
    Tags:
    restauração, Donald Trump, Bashar Assad, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Deu branco na Europa sobre quem é culpado
      Last update: 13:34 12.11.2019
      13:34 12.11.2019

      Deu branco na Europa sobre quem é culpado

      Chanceleres da França, Alemanha e Reino Unido, em um comunicado conjunto, expressaram grande preocupação com as recentes declarações do Irã sobre enriquecimento de urânio.

    • Nem todos enxergam 'morte' da OTAN
      Last update: 12:12 08.11.2019
      12:12 08.11.2019

      Nem todos enxergam 'morte' da OTAN

      Em entrevista à revista The Economist, o presidente francês Emmanuel Macron se pronunciou sobre o estado atual da aliança OTAN, entretanto, nem todos os líderes mundiais concordaram com a avaliação dele.

    • Amor não correspondido
      Last update: 11:54 06.11.2019
      11:54 06.11.2019

      Amor não correspondido

      O cientista político e professor do Departamento de Relações Internacionais da UERJ, Mauricio Santoro, chamou as relações entre o Brasil e os EUA de "amor não correspondido", caracterizando as tentativas do governo Bolsonaro de construir relação preferencial com os EUA.

    • Quando não aprendeu a controlar terroristas
      Last update: 11:25 05.11.2019
      11:25 05.11.2019

      Quando não aprendeu a controlar terroristas

      O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, acusou países europeus de estarem tentando obrigar Ancara a resolver o problema da presença dos terroristas por si só.