23:05 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Charges

    Cara de pau de uns, boa vontade de outros

    Charges
    URL curta
    1130

    Em 2002, os Estados Unidos abandonaram o Tratado sobre Mísseis Antibalísticos (Tratado ABM), firmado em 1972 com a URSS. Com a decisão, Washington pôs em risco a estabilidade e a segurança internacionais, declarou o porta-voz do Kremlin.

    Cara de pau de uns, boa vontade de outros

    Segundo disse Dmitry Peskov em entrevista ao canal RT, a saída dos EUA do Tratado ABM ameaça o sistema de dissuasão nuclear mútua que é um dos pilares da estabilidade mundial.

    Peskov sublinhou que a Rússia propôs repetidamente concessões mútuas e cooperação para assegurar a segurança internacional, mas nunca recebeu resposta.

    "A Rússia não tinha outra saída senão mostrar que, independentemente das condições e apesar dos esforços constantes de nossos colegas ocidentais de criarem 'escudo antimíssil', será capaz de garantir o sistema de dissuasão nuclear mútua", afirmou o porta-voz.

    Mais:

    Rússia recupera equilíbrio estratégico de poder sem violar acordos, diz especialista
    EUA querem desvalorizar o potencial nuclear da Rússia, diz Lavrov
    Tags:
    segurança, estabilidade, dissuasão nuclear, Kremlin, Dmitry Peskov, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges