20:35 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando guerra realmente é nas estrelas

    Charges
    URL curta
    327
    Nos siga no

    O chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA, David Goldfein, declarou que a guerra no espaço pode começar já no futuro próximo.

    Quando guerra realmente é nas estrelas

    Discursando no 34º Simpósio da Associação da Força Aérea e Exposição de Tecnologia na Flórida (EUA), ele frisou que os EUA devem alcançar supremacia no espaço e aumentar o poder de fogo, integrando inteligência e as capacidades de comunicação no ar, terra, mar, ciberespaço e espaço.

    "Acho que vamos efetuar ataques no espaço daqui alguns anos. E nós [Força Aérea dos EUA] somos um tipo de força que deve dirigir as ações de combate conjuntas neste novo território disputado. É disso que o Estado precisa", declarou Goldfein.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA anuncia guerra no espaço
    EUA estarão prontos para possível guerra no espaço, afirma assessor de Trump
    Pentágono busca novas tecnologias para executá-las em guerras espaciais
    Tags:
    ciberespaço, terra, ar, espaço, guerra, Força Aérea dos EUA, David Goldfein
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Deu branco na Europa sobre quem é culpado
      Last update: 13:34 12.11.2019
      13:34 12.11.2019

      Deu branco na Europa sobre quem é culpado

      Chanceleres da França, Alemanha e Reino Unido, em um comunicado conjunto, expressaram grande preocupação com as recentes declarações do Irã sobre enriquecimento de urânio.

    • Nem todos enxergam 'morte' da OTAN
      Last update: 12:12 08.11.2019
      12:12 08.11.2019

      Nem todos enxergam 'morte' da OTAN

      Em entrevista à revista The Economist, o presidente francês Emmanuel Macron se pronunciou sobre o estado atual da aliança OTAN, entretanto, nem todos os líderes mundiais concordaram com a avaliação dele.

    • Amor não correspondido
      Last update: 11:54 06.11.2019
      11:54 06.11.2019

      Amor não correspondido

      O cientista político e professor do Departamento de Relações Internacionais da UERJ, Mauricio Santoro, chamou as relações entre o Brasil e os EUA de "amor não correspondido", caracterizando as tentativas do governo Bolsonaro de construir relação preferencial com os EUA.

    • Quando não aprendeu a controlar terroristas
      Last update: 11:25 05.11.2019
      11:25 05.11.2019

      Quando não aprendeu a controlar terroristas

      O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, acusou países europeus de estarem tentando obrigar Ancara a resolver o problema da presença dos terroristas por si só.