06:32 24 Janeiro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando guerra realmente é nas estrelas

    Charges
    URL curta
    327

    O chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos EUA, David Goldfein, declarou que a guerra no espaço pode começar já no futuro próximo.

    Quando guerra realmente é nas estrelas

    Discursando no 34º Simpósio da Associação da Força Aérea e Exposição de Tecnologia na Flórida (EUA), ele frisou que os EUA devem alcançar supremacia no espaço e aumentar o poder de fogo, integrando inteligência e as capacidades de comunicação no ar, terra, mar, ciberespaço e espaço.

    "Acho que vamos efetuar ataques no espaço daqui alguns anos. E nós [Força Aérea dos EUA] somos um tipo de força que deve dirigir as ações de combate conjuntas neste novo território disputado. É disso que o Estado precisa", declarou Goldfein.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA anuncia guerra no espaço
    EUA estarão prontos para possível guerra no espaço, afirma assessor de Trump
    Pentágono busca novas tecnologias para executá-las em guerras espaciais
    Tags:
    ciberespaço, terra, ar, espaço, guerra, Força Aérea dos EUA, David Goldfein
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges

    • EUA não saem da OTAN
      Last update: 12:53 23.01.2019
      12:53 23.01.2019

      OTAN é para sempre

      Câmara dos Representantes do Congresso norte-americano aprovou a lei que não permite que o presidente do país, Donald Trump, saia da Aliança Atlântica mesmo que queira.

    • Malfeitor se passando por bonzinho
      Last update: 13:15 21.01.2019
      13:15 21.01.2019

      Malfeitor se passando por bonzinho

      O Serviço Federal de Segurança (FSB) russo detectou e neutralizou a atividade de uma célula terrorista controlada a partir da Síria que coletava e enviava dinheiro ao Daesh.

    • Aquele míssil russo que incomoda os EUA?
      Last update: 14:43 16.01.2019
      14:43 16.01.2019

      Aquele míssil russo que incomoda os EUA

      Durante o encontro sobre o Tratado INF na Suécia, os EUA exigiram que a Rússia destruísse o míssil 9М729 (SSC-8), que alegadamente não se encaixa no tratado.

    • Charge
      Last update: 13:13 14.01.2019
      13:13 14.01.2019

      EUA e seu 'cassetete' de sanções

      Os EUA tentam sair da Síria, mas suas tropas não a abandonam. Além disso, eles pretendem controlar a situação através de aliados na região e de sanções econômicas.