03:22 22 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando você não foi convidado, mas resolveu ficar para sempre

    Charges
    URL curta
    590

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que a Turquia pretende começar as ações militares contra os territórios curdos na Síria para "destruir definitivamente o projeto do corredor terrorista". Porém, segundo especialistas, a Turquia deve primeiramente resolver o problema com os EUA, que utilizam este território para ficar na região.

    Quando você não foi convidado, mas resolveu ficar para sempre

    Sabe-se que a milícia das Forças Democráticas da Síria, na maioria constituída pelos curdos, é a favorita dos EUA na Síria. Washington conta com ajuda deles para influenciar não só na vida política interna do país pós-guerra, mas também usá-los para exercer influência nos países vizinhos, em primeiro lugar, no Iraque, Turquia e Irã.

    Segundo especialista russo, Gevorg Mirzayan, os Estados Unidos consideram o Curdistão Sírio como plataforma regional e já instalaram lá uma série de bases militares.

    Mais:

    Erdogan tenciona 'matar à nascença' força fronteiriça criada pelos EUA na Síria
    'EUA querem desmembrar a Síria criando força de segurança fronteiriça', diz senador russo
    Turquia condena planos dos EUA para criar 'força de segurança fronteiriça' na Síria
    Turquia pode estar arquitetando destruição dos favoritos dos EUA na Síria
    Tags:
    curdos sírios, apoio, Forças Democráticas da Síria, Recep Tayyip Erdogan, Curdistão sírio, Turquia, Oriente Médio, Irã, Iraque, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges