04:05 20 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Charges

    Arte de vândalo é obra-prima bem longe de minha casa

    Charges
    URL curta
    0 68420

    Quando, há dois anos, o artista Pyotr Pavlensky ateava fogo ao prédio do Serviço Federal de Segurança, em Moscou, a sua ação foi qualificada por críticos como obra de arte. Agora, na França, brincar com fogo ficou mais difícil...

    Arte do vândalo é obra-prima bem longe da minha casa

    Em 16 de outubro, Pavlensky ateou fogo no edifício do Banco de França em Paris. O próprio artista explicou que o edifício se situa no lugar da famosa Bastilha e “a restauração da França revolucionária dará início ao incêndio mundial das revoluções”.

    Depois da ação, ele foi preso pela polícia e transferido para um estabelecimento psiquiátrico policial, diz a edição francesa Le Figaro citando fontes na polícia.

    O artista opositor Pavlensky é conhecido por suas ações escandalosas. Quando vivia na Rússia, ele coseu literalmente sua boca em defesa do grupo Pussy Riot, pregou suas genitálias na calçada da Praça Vermelha e ateou fogo no edifício do Serviço Federal de Segurança russo (FSB), no centro de Moscou.

    Em janeiro deste ano, o artista e sua família deixaram a Rússia após o tentarem acusar de violência contra o ator de um dos teatros moscovitas e sua mulher. Em maio, ele obteve asilo político na França.

    Tags:
    opositor, incêndio, Serviço Federal de Segurança (FSB), Paris, Rússia, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges