02:35 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Copa América 2021 no Brasil (17)
    0 127
    Nos siga no

    O torneio de futebol entre seleções sul-americanas acontecerá entre os meses de junho e julho, e foi anteriormente negado pela Argentina e pela Colômbia.

    A gigante de pagamentos Mastercard e a empresa brasileira de bebidas Ambev informaram nesta quarta-feira (9) que decidiram retirar suas marcas da Copa América deste ano. A decisão significa que as empresas não colocaram suas marcas dentro de estádios ou em materiais promocionais no Brasil.

    "Após uma análise cuidadosa, decidimos não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil", disse a gigante dos cartões de crédito em comunicado, reproduzido pela agência AFP.

    Um porta-voz da Mastercard disse que esta foi a primeira vez que a empresa tomou tal decisão desde que começou a patrocinar o campeonato sul-americano de futebol em 1992. No entanto, respeitará o seu contrato como patrocinadora do torneio, cujo valor não foi divulgado. 

    A decisão da Mastercard e da Ambev ocorre no momento em que a transferência do evento para o Brasil vem recebendo críticas, com o país enfrentando um possível terceiro surto da COVID-19.

    Seleção brasileira comemora gol contra seleção do Peru pelas eliminatórias da Copa do Qatar.
    © AFP 2021 / Daniel Apuy
    Seleção brasileira comemora gol contra seleção do Peru pelas eliminatórias da Copa do Qatar.

    Torneio contestado

    Na semana passada, os organizadores da Copa América, que começa no domingo (13), mudaram inesperadamente o torneio para o Brasil depois que a coanfitriã Colômbia desistiu devido a distúrbios civis e a Argentina devido a um aumento nos casos de COVID-19.

    O presidente Jair Bolsonaro, que minimizou a gravidade do novo coronavírus e é contra medidas de confinamento, apoiou a realização do torneio no Brasil.

    Especialistas em saúde pública, juízes do Supremo Tribunal e jogadores da Seleção Brasileira, todavia, questionaram a conveniência de organizar o torneio em meio a uma pandemia. Senadores que participam da CPI da Covid declararam que o campeonato da Copa América no Brasil seria "o campeonato da morte".

    Mais de 475.000 brasileiros morreram em decorrência da COVID-19 e especialistas alertam que uma terceira onda se aproxima junto com o inverno no hemisfério sul.

    Tema:
    Copa América 2021 no Brasil (17)

    Mais:

    Copa América 2021 será disputada no Brasil, anuncia Conmebol
    No que depender de mim e dos ministros, Copa América está garantida, diz Bolsonaro
    Bolsonaro confirma Copa América no Brasil e anuncia jogos em 4 estados e no DF
    OMS diz que não foi consultada para realização da Copa América no Brasil
    Tags:
    copa américa, Seleção Brasileira, pandemia, novo coronavírus, CPI da Covid, COVID-19, Brasil, patrocínio, MasterCard
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar