01:31 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil afronta COVID-19 no fim de abril de 2021 (62)
    0 11
    Nos siga no

    A CPI da COVID-19 no Senado convocou nesta quinta-feira (29) o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e os três ex-ministros da pasta no governo Jair Bolsonaro: Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello.

    O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, também foi convocado pelos senadores.

    Eles começarão a ser ouvidos na condição de testemunhas a partir da próxima terça-feira (4), com os depoimentos de Mandetta e Teich. Eduardo Pazuello vai prestar depoimento na quarta-feira (5). Na quinta-feira (6), será a vez do colegiado ouvir Marcelo Queiroga e Antônio Barra Torres.

    A agenda de convocações foi definida pelo relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Durante a sessão, Calheiros também anunciou o pedido de compartilhamento de informações da CPI das Fake News que tratam sobre a pandemia. As informações foram publicadas pela Agência Senado.

    ​Até o início da manhã desta quinta-feira (29), o sistema do Senado indicava que 288 requerimentos já haviam sido apresentados pelos senadores. Ao longo da reunião, porém, mais de 300 já estavam inseridos no sistema, incluindo pedidos de convocação e informação.

    O presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), falou em sistematizar os pedidos, muitos deles "repetidos", e disse que o colegiado vai ouvir todos com transparência e de forma "técnica". 

    "Todos os requerimentos serão apreciados. Seja ministro, seja governador, seja prefeito, presidente de empresa. Eu não acredito que um senador vai se prestar a fazer um requerimento só para protelar", disse.

    A CPI vai investigar as ações do governo federal e o uso de verbas estatais no combate da pandemia de COVID-19.

    Tema:
    Brasil afronta COVID-19 no fim de abril de 2021 (62)

    Mais:

    Deputados bolsonaristas tentam articular CPI contra Doria na Alesp, diz jornal
    CPI da COVID-19: entenda o passo a passo e as implicações para o presidente Bolsonaro
    Bolsonaro quer Pazuello no Planalto para evitar 'explosão' da CPI da COVID-19, diz colunista
    CPI da COVID-19 quer ouvir secretário de Guedes sobre suposta recusa de lote de vacinas da Pfizer
    Lista do governo Bolsonaro para CPI da COVID-19 é maior que a da oposição, diz portal
    Tags:
    Renan Calheiros, Ministério da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, Eduardo Pazuello, Brasil, governo federal, pandemia, CPI, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar