18:58 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2021 (87)
    3110
    Nos siga no

    O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), informou nesta sexta-feira (9) que acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorize a importação e o uso emergencial da vacina russa Sputnik V, contra a COVID-19.

    Em nota, o governo do Maranhão justifica que a Sputnik V já foi submetida a vários testes que comprovaram sua eficácia e segurança contra a COVID-19, sendo utilizada em mais de 50 países, inclusive da América Latina.

    ​No texto da ação, o governo do Maranhão pede que, em caso de descumprimento por parte da Anvisa, seja estabelecida multa diária no valor de R$ 1 milhão.

    A Alemanha oficializou nesta quinta-feira (8) que iniciou negociações para também comprar o imunizante russo.

    "A preocupação dos governadores brasileiros, que adquiram 37 milhões de doses da Sputnik V, é que o país europeu [Alemanha], por ter mais poder econômico, passe na frente dos estados brasileiros na fila das exportações da vacina, caso a Anvisa retarde ainda mais o processo de autorização", diz a nota.
    Tema:
    COVID-19 no Brasil no início de abril de 2021 (87)

    Mais:

    Governo brasileiro decide deixar de divulgar cronograma de chegada de vacinas
    STF rebate Bolsonaro e diz que decisões seguem a Constituição
    Fiocruz passará a produzir insumo a partir de agosto e deixará de depender de importação da China
    Avanço da pandemia pode afugentar montadoras do Brasil?
    Tags:
    Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Supremo Tribunal Federal (STF), Maranhão, Flávio Dino, Brasil, vacinação, vacina, Sputnik V, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar