01:03 19 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    COVID-19 no final de março de 2021 no Brasil (116)
    5116
    Nos siga no

    A Anvisa negou nesta quarta-feira (31) o pedido para importar e distribuir a vacina indiana Covaxin contra a COVID-19. A decisão foi unânime entre os diretores da agência.

    Uma reunião da Anvisa avaliou nesta quarta-feria (31) a solicitação do Ministério da Saúde para autorização de importação e distribuição da vacina do laboratório indiano Bharat Biotech, a Covaxin.

    A solicitação do Ministério da Saúde era referente à "autorização excepcional e temporária para importação e distribuição" de 20 milhões de doses da vacina Covaxin.

    O relator do pedido, o diretor Alex Campos, afirmou durante o seu voto que a área técnica da Anvisa identificou "riscos e incertezas no uso da Covaxin nas condições atuais". De acordo com ele, os "dados disponíveis não permitem concluir sobre eficácia e segurança da vacina".

    Um homem recebe uma vacina contra a COVID-19 da Bharat Biotech chamada Covaxin, em um centro de vacinação na Índia, 13 de fevereiro de 2021
    © REUTERS / Adnan Abidi
    Um homem recebe vacina contra a COVID-19 da Bharat Biotech chamada Covaxin, em um centro de vacinação na Índia, 13 de fevereiro de 2021

    Anteriormente, na mesma reunião, os diretores da Anvisa haviam aprovado por unanimidade o uso emergencial da vacina da farmacêutica Janssen

    Na última terça-feira (30), a Anvisa havia negado o pedido de Certificação de Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos ao laboratório indiano Bharat Biotech, que produz a vacina Covaxin.

    Tema:
    COVID-19 no final de março de 2021 no Brasil (116)

    Mais:

    Vacina indiana Covaxin tem eficácia de 81%, segundo dados preliminares
    Governo brasileiro dispensa licitação para compra da Sputnik V e Covaxin
    Procuradoria do TCU fala em irregularidades na compra da Covaxin pelo Ministério da Saúde do Brasil
    Covaxin é eficaz contra variantes do Brasil e do Reino Unido, diz governo da Índia
    Tags:
    Anvisa, pandemia, vacinação, vacina, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar