13:45 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Por
    131266
    Nos siga no

    "Pela vida, pela liberdade, pela família e pela pátria!", estão escrevendo bolsonaristas no Twitter para convocação de todos para participar de movimento nas ruas do Brasil nos dias 14 e 15 de março.

    As reivindicações são muitas, e vão de insatisfação pelo lockdown a desgosto pela anulação das acusações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    Para chamar a galera, bolsonaristas estão propagando a hashtag #EuSouOExercitoDoBrasil, e a ideia é juntar todo mundo em frente a quartéis-generais brasileiros nos dias 14 e 15 de março para mostrar quem é o Exército do Brasil.

    Vídeo, que está sendo muito divulgado, traz governadores contrários ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, alegando que gastam muito e não prestam contas.

    ​Estão querendo juntar "dez milhões de guerreiros nas ruas".

    ​Bom dia... soldados?

    ​Há quem esteja insatisfeito com Lula.

    ​Lockdown é coisa de comunista?

    ​Nem o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), escapou.

    ​Em discordância ao fechamento do comércio e ao lockdown.

    ​A hashtag está crescendo.

    ​Por que será?

    ​Tomar as ruas é o que querem os bolsonaristas.

    Mais:

    PT nas eleições de 2022: 'Lula é o melhor candidato que nós temos', diz Gleisi Hoffmann
    Déjà vu? Bolsonaro perderia para Mandetta, Ciro, Lula e Haddad em 2º turno, diz pesquisa
    Bolsonaro diz ser 'chefe supremo das Forças Armadas' e que é 'fácil impor ditadura' no Brasil
    Tags:
    Jair Bolsonaro, Supremo Tribunal Federal (STF), bolsonarismo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar