00:49 19 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Coronavírus no Brasil no início de março de 2021 (92)
    0 30
    Nos siga no

    A vacinação contra a COVID-19 na cidade de Serrana, interior de São Paulo, atingiu 63,3% do público-alvo neste sábado (6). A imunização faz parte de um estudo inédito do Instituto Butantan para avaliar a eficácia da CoronaVac.

    Até a última atualização da Prefeitura, 17.968 voluntários foram vacinados pela penúltima das quatro fases do projeto. O plano é vacinar com a primeira dose da CoronaVac todos os moradores locais com mais de 18 anos, exceto lactantes e grávidas, até 14 de março.

    O estudo, pioneiro no mundo, realizado pelo Instituto Butantan tem o objetivo de testar, na prática, a eficácia da CoronaVac contra a transmissão do novo coronavírus.

    Na atual etapa, que foi iniciada na quarta-feira (3) e que segue até este domingo (7), 4.853 pessoas foram vacinadas. O valor equivale a 76,8% do previsto para esta fase, definida pela cor cinza.

    ​Os moradores devem receber a segunda dose do imunizante entre o 21º e o 30º dia após a primeira aplicação.

    Assim que quase toda a população do município estiver imunizada, os pesquisadores vão avaliar o impacto nas internações, nas mortes e no tempo que a cidade vai demorar para alcançar a imunidade de rebanho.

    Serrana foi escolhida por ser uma cidade de baixo número populacional (cerca de 45 mil pessoas) e por ter apresentado dados preocupantes na contaminação do novo coronavírus ao longo da pandemia.

    Tema:
    Coronavírus no Brasil no início de março de 2021 (92)

    Mais:

    Brasil tem mais de 1,7 mil mortes e 75 mil novos casos de COVID-19
    Por que homens se infectam com COVID-19 mais frequentemente? Médico revela fator determinante
    Desrespeito e novas variantes contribuem para aumento de casos de COVID-19 no Brasil, aponta médico
    COVID-19: Conmebol suspende jogos do Brasil contra Argentina e Colômbia pelas eliminatórias
    Tags:
    imunizante, imunização, imunidade, pandemia, novo coronavírus, Vacina CoronaVac, vacinação, vacina, Instituto Butantan, São Paulo, Brasil, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar