21:14 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    2154
    Nos siga no

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli disse nesta segunda-feira (22) que os inquéritos que investigam fake news e manifestações contra a Corte e o Congresso Nacional apontaram que as ações foram financiadas com verba internacional.

    A afirmação foi feita em entrevista concedida ao Canal Livre, da TV Bandeirantes.

    "Esse inquérito que combate as fake news e os atos antidemocráticos já identificou financiamento estrangeiro internacional a atores que usam as redes sociais para fazer campanhas contra as instituições, em especial o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional", afirmou o ministro.

    Toffoli não detalhou quem seriam os responsáveis pelo financiamento e como os pagamentos teriam sido feitos.

    "Há uma organização por trás disso, que ataca inclusive a imprensa tradicional e séria", declarou.

    O ministro afirmou que a prática serve para "desestabilizar a democracia" no Brasil.

    "A história do país mostrou ao que isso levou no passado. Financiamento a grupos radicais, seja de extrema-direita, seja de extrema-esquerda, para criar o caos e desestabilizar a democracia em nosso país", completou.

    Mais:

    STF decide por unanimidade manter deputado Daniel Silveira preso
    Juiz auxiliar do STF decide manter prisão de deputado Daniel Silveira
    STF autoriza investigação contra Daniel Silveira por suspeita de desacato e infração sanitária
    STF homologa acordo e Onyx terá que pagar R$ 189 mil por caixa 2
    Tags:
    notícias falsas, manifestações, Dias Toffoli, fake news, Supremo Tribunal Federal (STF), Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar