04:26 04 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    164
    Nos siga no

    O presidente classificou como 'abusivo' o novo aumento no preço dos combustíveis pela Petrobras e informou que tomou decisão sobre PIS/Cofins após reunião com o ministro Paulo Guedes.

    O presidente Jair Bolsonaro anunciou, durante sua live desta quinta-feira (18), que decidiu zerar por dois meses, a partir de 1º de março, o PIS/Cofins que incide sobre o diesel, após novo aumento dos preços dos combustíveis. O presidente também fez críticas a Petrobras.

    "Teve um aumento, no meu entender, aqui, eu vou criticar, um aumento fora da curva da Petrobras. 10% hoje na gasolina e 15% no diesel. É o quarto reajuste do ano. A bronca vem sempre para cima de mim, só que a Petrobras tem autonomia", afirmou.
    Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, gesticula durante anúncio de nova política de impostos sobre combustíveis, no Palácio do Planalto, Brasília, 5 de fevereiro de 2021
    © AFP 2021 / Evaristo Sá
    Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, gesticula durante anúncio de nova política de impostos sobre combustíveis, no Palácio do Planalto, Brasília, 5 de fevereiro de 2021

    Os dois novos reajustes nos preços da gasolina e do diesel, citados pelo presidente, foram anunciados pela Petrobras nesta quinta-feira (18). Os combustíveis subirão 10,2% e 15,1%, respectivamente, já a partir desta sexta-feira (19). Em 2021, é o quarto reajuste da gasolina e o terceiro do diesel.

    O presidente informou que tomou a decisão de zerar os impostos após se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

    "O que é que foi decidido hoje? ​A partir de 1º de março também não haverá qualquer imposto federal no diesel por dois meses. Então, por dois meses, não haverá qualquer imposto federal em cima do diesel. Por que por dois meses? Porque nestes dois meses nós vamos estudar uma maneira definitiva de buscar zerar este imposto no diesel. Até para ajudar a contrabalancear este aumento, no meu entender, excessivo da Petrobras", criticou.

    Mais:

    Partido entra com pedido no STF para suspender decretos de Bolsonaro sobre armas
    Paraguai aproveitará 'boa relação' com Bolsonaro para impulsionar acordo UE-Mercosul, diz chancelerf
    Lula vê Bolsonaro com chances de reeleição e defende candidatura própria do PT em 2022
    Tags:
    Paulo Guedes, PIS/Cofins, impostos, gasolina, diesel, combustível, Petrobras, Jair Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar