11:44 05 Março 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    0 124
    Nos siga no

    A fabricante de armas brasileira Taurus anunciou, nesta quarta-feira (3), a assinatura de um memorando junto à estatal Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel).

    Conforme publicado pela Taurus em comunicado aos seus investidores e acionistas, o memorando tem prazo inicial de cinco anos e não é vinculativo, mas aponta para o estabelecimento de bases técnicas e comerciais futuras. O documento foi assinado na terça-feira (2).

    Tais bases também servirão para a criação e operação, que pode ser conjunta, de um órgão de acreditação e certificação, pesquisa, e produção de novos materiais bélicos. Além disso, os parâmetros podem servir para a comercialização conjunta de produtos e serviços.

    Imagem de um revólver Taurus, de fabricação brasileira
    © AP Photo / Lisa Marie Pane
    Imagem de um revólver Taurus, de fabricação brasileira

    Eventuais contratações de serviços de industrialização por encomenda (IPE), além de produtos e serviços do portfólio da Imbel, também terão termos e condições definidos.

    Ainda segundo o documento, o memorando pode ser prorrogado por mais cinco anos de forma sucessiva, a depender de manifestação formal.

    A Taurus é a maior fabricante brasileira de armas e uma das maiores do mundo, com plantas no Brasil e nos Estados Unidos. Já a Imbel é uma estatal vinculada ao Ministério da Defesa do Brasil por meio do próprio Exército brasileiro, tendo como função a fabricação de materiais bélicos para a forças nacionais.

    Mais:

    Não queremos que a política entre em nossos quartéis, diz comandante do Exército Brasileiro
    Decreto de Bolsonaro: donos da Taurus podem ter lucrado R$ 10 milhões com flexibilização
    Taurus critica decisão de Bolsonaro que zera imposto para importar armas
    Tags:
    Ministério da Defesa, Exército Brasileiro, Brasil, Taurus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar