01:42 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)
    0 11
    Nos siga no

    Em meio a uma disparada de infecções pelo novo coronavírus, o estado de Rondônia está com seu sistema de saúde à beira do colapso e vai transferir pacientes com COVID-19 para outras unidades federativas.

    O anúncio foi feito pelo governador do estado, Marcos Rocha (sem partido), ainda na noite do sábado (23), após um dia de tratativas com o Ministério da Saúde para articular a transferência dos pacientes para hospitais federais.

    Rondônia hoje tem fila de pacientes à espera de leitos de UTI. Segundo afirmou o governador do estado, a medida de transferência busca salvar as vidas dessas pessoas. Além disso, o governo de Rondônia afirmou que o estado dispõe de poucos leitos de cuidado intensivo e também não tem médicos suficientes para garantir o atendimento nesses locais.

    Conforme publicou o portal G1, a Secretaria Estadual de Saúde de Rondônia informa que há pelo menos 12 hospitais no estado com 100% de taxa de ocupação de UTIs.

    Já na capital Porto Velho, todos os hospitais de campanha estão lotados. O prefeito da cidade, Hildon Chaves (PSDB), já declarou que o sistema de saúde municipal entrou em colapso.

    Ambulância posicionada para a recepção de pacientes diagnosticados com Covid-19, transferidos da cidade de Manaus, no Amazonas, durante desembarque em avião da FAB (Força Aérea Brasileira) no aeroporto Senador Petrônio Portella, na cidade de Teresina, nesta sexta-feira (15).
    © Folhapress / Agif/Folhapress
    Paciente com COVID-19 chega a Teresina (PI), após ser transferida de Manaus (AM), cidade que enfrenta colapso no sistema de saúde

    Na semana passada, o sistema de saúde do Amazonas também entrou em colapso e cenas de desespero tomaram conta das redes sociais mostrando a falta de oxigênio nos hospitais. Diante da situação, o estado anunciou medidas de restrições sociais como o fechamento do comércio e a limitação da circulação de pessoas.

    Segundo os dados do consórcio de veículos de imprensa, Rondônia acumula um total de 117.101 casos de COVID-19 e 2.111 mortes causadas pela doença. Neste domingo (24), foram 958 casos e 14 óbitos. O estado, assim como todo o Brasil, registra atualmente um aumento dos casos, o que se intensificou ao longo de janeiro, após o período de festas.

    Tema:
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)

    Mais:

    Quanto tempo leva para vacinação causar diminuição no número de casos de COVID-19 no Brasil?
    Venezuela se dispõe a levar oxigênio para pacientes com COVID-19 no Amazonas
    Datafolha: para 46% dos brasileiros, Doria fez mais que Bolsonaro contra a COVID-19
    Tags:
    Amazonas, Rondônia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar