23:35 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Brasil
    URL curta
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)
    454
    Nos siga no

    Neste domingo (24), uma pesquisa do Datafolha mostrou que a população vê o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), mais ativo no controle da pandemia do que o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (sem partido).

    Segundo os dados da pesquisa publicados pelo jornal Folha de São Paulo, para 46% dos brasileiros, Doria fez mais contra a COVID-19 do que o presidente do Brasil. A pesquisa mostra também que 28% disseram que Bolsonaro fez mais do que o governador. Outros 13% não souberam opinar, enquanto 11% disseram que nenhum dos dois trabalhou contra a pandemia, sendo que 2% afirmaram que ambos ajudaram no combate à COVID-19.

    Doria e Bolsonaro protagonizaram uma disputa política particular em meio à pandemia da COVID-19, tendo como principal elemento a obtenção da vacina contra a doença. Nessa disputa, Doria saiu na frente, após o início da vacinação no Brasil no dia 17 de janeiro com a CoronaVac. A vacina foi uma aposta do tucano e é uma parceria entre o laboratório chinês Sinovac e o Instituto Butantan, com sede em São Paulo.

    João Doria, governador de São Paulo, participa de entrevista coletiva após a aplicação da primeira vacina contra a COVID-19 na capital paulista
    © Folhapress / Eliane Neves / Fotoarena
    João Doria, governador de São Paulo, participa de entrevista coletiva após a aplicação da primeira vacina contra a COVID-19 na capital paulista

    O Datafolha também apurou o que pensam os brasileiros sobre o trabalho do presidente brasileiro diante da pandemia. Segundo os dados, 48% consideram o trabalho de Bolsonaro na pandemia ruim ou péssimo, enquanto 26% aprovam o desempenho do presidente. Outros 25% consideram o conjunto de ações de Bolsonaro na pandemia como regular.

    O instituto também mostra que 47% dos entrevistados consideram Bolsonaro o culpado principal pelas quase 220 mil mortes por COVID-19 no país, enquanto 39% o consideram como apenas um dos culpados. Para 11%, Bolsonaro é o único culpado pelas mortes na pandemia.

    Presidente Jair Bolsonaro durante uma cerimônia no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil
    © Folhapress / Sergio Lima
    Presidente Jair Bolsonaro durante uma cerimônia no Palácio do Planalto em Brasília, Brasil

    A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 21 de janeiro com 2.030 pessoas, por telefone. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

    Segundo os dados mais recentes do consórcio dos veículos de imprensa, o Brasil registra um total de 217.081 óbitos por COVID-19, além de mais de 8,8 milhões de casos da doença.

    Tema:
    Brasil lidando contra COVID-19 no final de janeiro de 2021 (92)

    Mais:

    COVID-19: dor e desespero tomam conta de Manaus após colapso no sistema de saúde (VÍDEOS)
    Pazuello para Doria: vacinação em São Paulo foi em 'desacordo com a lei'
    Declaração de Bolsonaro 'achincalha' Forças Armadas e favorece Doria, opina especialista
    Tags:
    Vacina CoronaVac, PSDB, Jair Bolsonaro, João Doria, São Paulo, Instituto DataFolha, COVID-19, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar